11 de Setembro – Presidente Barack Obama homenageia vítimas

setembro 11, 2013 | Acidentes, Ataque aéreo, Comportamento, EUA, Explosão, Nova York

11-de-setembro-presidente-barack-obama-homenagem-foto

Em discurso na ocasião do 12 º aniversário do 11 de Setembro, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez uma homenagem às vítimas do pior atentado da História do país e pediu que o povo americano tenha coragem para seguir em frente. Obama, acompanhado da primeira-dama, Michelle, e do vice-presidente Joe Biden e sua mulher, Jill, lembraram das vítimas com um minuto de silêncio no jardim da Casa Branca.

– Tenhamos a coragem, como esses sobreviventes, como essas famílias para seguir em frente, não importa quão escura seja a noite ou difícil seja o dia – afirmou o presidente.

Um sino deu o início solene ao minuto silêncio, enquanto centenas de pessoas se reuniram na Praça Lafayette, em frente à residência presidencial. Depois, às 8h46m locais (9h46m de Brasília), momento em que um avião controlado por terroristas da al-Qaeda se chocou contra as Torres Gêmeas, em Nova York, foi iniciada a leitura dos nomes das vítimas.

Também nesta manhã, familiares participaram de uma cerimônia em Nova York. Os ataques em 11 de setembro de 2001 em Nova York, Washington e Shanksville, na Pensilvânia, mataram quase três mil pessoas, levando a uma longa guerra dos EUA contra o Afeganistão e à ampliação dos poderes de vigilância do governo americano, medidas que ainda são debatidas.

– Não importa quantos anos se passem, esse momento chega a cada ano e é sempre o mesmo – disse Karen Hinson, que perdeu seu irmão de 34 anos, Michael Wittenstein, em Nova York, cujo corpo nunca foi encontrado.

Em todo o mundo, milhares de voluntários se comprometeram a fazer boas ações, homenageando uma data que foi designada como o Dia Nacional de Serviço e Memória.

11-de-setembro-mulher-observa-os-nomes-dos-mortos-foto

Mulher observa os nomes dos mortos nos ataques no memorial construído em Nova York em homenagem às vítimas

 

11-de-setembro-mulher-observa-os-nomes-dos-mortos-foto-imagem

Nas fotos, a lembrança de bombeiros mortos na tragédia

11-de-setembro-mulher-observa-os-nomes-dos-mortos--imagem-foto

 

Daniel Henry, integrante da polícia novaiorquina, respeita o minuto de silêncio às 9:01 horas

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.