Adolescente entra em coma alcoólico, colegas fizeram o aluno ingerir bebida dentro da escola

setembro 3, 2009 | Brasil, Comportamento, Educação, Flagrantes, Incidentes, Polícia, São Paulo


Caso aconteceu em Votorantim, no interior de São Paulo.
Segundo o adolescente, ele foi forçado a beber pelos colegas de escola.

Um garoto de 13 anos foi parar no hospital após ingerir uma grande quantidade de bebida alcoólica dentro de uma escola da rede estadual de Votorantim, a 105 km de São Paulo. O caso aconteceu durante o horário de aula, na semana passada.

O menino foi afastado por cinco dias dos estudos, para poder se recuperar do coma alcoólico. Ele estuda na sétima série, no período da tarde. Foi durante o intervalo da aula que ele bebeu uma garrafa de bebida alcoólica – segundo ele, forçado pelos colegas de sala

“Falaram ‘toma essa pinga senão você vai apanhar’. Aí depois começaram a bater em mim dentro do banheiro da escola porque eu não queria tomar o resto da pinga”, contou o menino.

A mãe ficou revoltada, e pede mudanças. “Mais funcionários para estar olhando, estar entrando no banheiro, vendo aqueles suspeitos, olhando a mochila deles, ver se estão entrando com alguma bebida, alguma coisa. Porque hoje aconteceu com o meu filho, amanhã pode ser com o filho de outra pessoa”, disse a mãe, que não quis se identificar.

O adolescente ficou traumatizado e pede para sair da escola. “Porque agora eu não consigo ficar lá, porque ficam falando que eu sou ‘bebum’. Naquela escola eu não quero mais ficar.”

A direção da escola fez uma reunião com professores e funcionários e vai definir nesta quinta-feira (2) como impedirá a entrada de bebidas alcoólicas no colégio.

Fonte G1

Comentários (3)

 

  1. Fabyulla disse:

    Sera q ele foi mesmo obrigado a beber?

  2. paulo disse:

    daí, em outra notícia, a OAB e todo o mundo condenam outra escola por botar câmeras em todos os ambientes da escola, porque “fere a privacidade dos estudantes”. Privacidade pra quase matar um colega? Pra fazer sexo com meninas de 13 anos no banheiro? Podem me crucificar, mas no tempo da DITADURA MILITAR isso não acontecia. E tenho dito!

  3. eduarda disse:

    teriveluiiiiiiiiiiiii

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.