Aeron Chairs: A melhor cadeira de trabalho ergonômica da Herman Miller

fevereiro 3, 2012 | América do Sul, Brasil, Ceara, Fortaleza, Foto, Tecnologia, Utilidade Pública

Aeron Chairs  – Máxima performance em todos os movimentos.
Um ícone do design moderno. Aparência distinta e ergonomia pioneira com ajustes preciosos e personalizados.

Tão importante quanto ter uma cadeira de trabalho com design inovador, que combine com qualquer ambiente, é ter uma que se ajuste perfeitamente ao seu corpo e dê o máximo de conforto para o trabalho. A Aeron Chair, eleita como o Design da Década pelo Best in Business Award, conseguiu reunir essas duas qualidades, tornando-se uma das mais procuradas cadeiras para escritório do mundo. Ela é perfeita não só para o escritório, mas também para sala de reunião, consultório e home office.

Tenha este clássico do design e usufrua da qualidade e garantia de um produto Herman Miller.

Cadeira ergonômica

Disponível em 3 tamanhos, a cadeira Aeron foi desenvolvida para ter 100% de ergonomia e design. Sua tecnologia exclusiva Posture-Fit, oferece suporte natural e personalizado à região baixa da coluna, com alta performance para longos períodos.

Seu revestimento Pellicle proporciona agradável conforto térmico, ao permitir a ventilação e diminuir a pressão do corpo na cadeira. A borda curva e arredondada do assento reduz a pressão sob as pernas, ajudando a circulação.

O sistema de inclinação Kinemat permite movimentos naturais e sem esforço tanto para frente, quanto para trás, além de oferecer suporte correto em qualquer posição.

Móvel sustentável

Preocupada com a sustentabilidade do meio ambiente, a poltrona Aeron é fabricada apenas com material de baixo impacto ambiental, sendo 66% de materiais reciclados e é 94% reciclável. A Aeron possui a certificação Cradle-to-cradle e contribui para obtenção de créditos LEED, inserindo-se no conceito de green building e arquitetura corporativa sustentável.

Aeron Work Stool

A Aeron Work Stool é a versão da cadeira Aeron para bancadas. Disponível em 2 tamanhos, possui a mesma tecnologia e acabamento, e ainda conta com o Fine Tune, uma estrutura em forma de anel, com ajuste de altura, para apoiar aos pés.

História do Design

A Herman Miller chamou os designers Don Chadwick e Bill Stumpf, que já haviam colaborado na produção da inovadora Equa Chair, para projetar um tipo de cadeira completamente novo e revolucionário.

Os dois designers começaram esse projeto com uma lousa em branco, sem presunções de forma ou material, mas com algumas fortes convicções sobre o que uma cadeira deveria proporcionar a uma pessoa.

Em termos de ergonomia, ela deveria fazer mais do que apenas acomodar. Deveria interceder ativamente pela saúde de quem nela se sentasse por períodos muito longos.

Funcionalmente, precisava mover-se e ajustar-se da forma mais simples e natural possível. Sustentar uma pessoa em qualquer posição que ela desejasse, em qualquer tarefa que seu trabalho de escritório exigisse.

Em antropometria, tinha de ser mais abrangente do que suas antecessoras. Mais do que acomodar pessoas pequenas ou grandes, tinha, de fato, que ajustar-se a elas.

Pensando no meio ambiente, deveria ser benigna, sem usar recursos naturais. Ser durável e consertável, projetada para desmontagem e reciclagem.

O design, que preencheu todos esses critérios, alcançou todas as expectativas e superou algumas delas. Não era estofada, nem acolchoada. Foi dimensionada em três modelos, que pareciam exatamente idênticos e não tinham nada a ver com o cargo de seus usuários. Também não se parecia com nenhuma outra cadeira de escritório. Seu conceito revolucionário incorporava mais idéias patenteáveis do que qualquer programa de desenvolvimento anterior da Herman Miller.

“Era questão de um design intencionado à criar uma ‘nova forma característica’ para a cadeira Aeron”, diz Bill Stumpf. “As cadeiras ergonômicas da concorrência se tornaram muito parecidas. A diferenciação era uma enorme parte da estratégia do design da Aeron, e ainda é o aspecto crucial de seu sucesso”. “A forma humana não tem linhas retas, ela é biomórfica. Projetamos a cadeira para ser, acima de tudo, biomórfica, ou curvilínea, como metáfora da forma humana tanto no sentido visual quanto no palpável. Não há nenhuma linha reta na cadeira Aeron”.

“A tela também foi uma estratégia elaborada, sendo que sua transparência simboliza o livre fluxo de ar para a pele, do mesmo modo que a renda, cortinas e outras membranas permeáveis, permitem o fluxo de ar ou luz ou umidade. A transparência da cadeira, como elemento visual, acompanhou a idéia da tecnologia e arquitetura transparentes, na qual a cadeira Aeron foi pioneira aos computadores iMac da Apple. A transparência é um dos principais movimentos em design. Seu objetivo é deixar a tecnologia menos opaca para que se comunique com a parte interna funcional dos objetos e que faça desses objetos menos importunos ao ambiente. A Aeron não é importuna”.

O design da Aeron foi aperfeiçoado e validado através de opiniões de pesquisadores e especialistas:

– Seu conforto foi testado por um grande número de usuários, concorrendo com as melhores cadeiras de escritório disponíveis.
– Os principais ergonomistas, especialistas em ortopedia e fisioterapeutas avaliaram a acomodação e o deslocamento da cadeira, e o benefício e facilidade de seus ajustes.
– A equipe de design realizou estudos antropométricos por todo o país, utilizando um instrumento especialmente desenvolvido para calcular, desde a altura poplítea, até o comprimento do antebraço.
– A equipe de pesquisa fez um mapeamento da pressão, testes térmicos, para determinar a distribuição do peso e calor e os modos de dispersão de umidade do material do assento e encosto da cadeira.
– Estudos de campo utilizando um aparelho de medição, especialmente projetado, examinaram a relação entre tamanhos de pessoas e suas preferências por tamanhos de cadeiras (Dowell 1995b). Em uma amostra de 224 pessoas, igualmente distribuída entre homens e mulheres, que refletia aproximadamente a distribuição da população dos EUA, na maioria das dimensões, as medições descobriram que, de todas as dimensões antropométricas medidas (altura e peso), tinham a relação mais forte com a preferência pelo tamanho da cadeira. A relação foi forte o bastante para nos permitir recomendar um dos três com base nestas dimensões.

Embora revele sua herança estética em formas líricas remanescentes dos designs de George Nelson, formas orgânicas que lembram o trabalho de Charles Eames, e um aspecto fino e atlético, que nos faz lembrar da Equa Chair, a Aeron Chair, por fim, tem sua própria aparência. Sua forma única expressa seu fim e uso, a composição material de suas partes e também a maneira como se conectam. Sua leve transparência e natureza refletiva lhe conferem uma qualidade tênue. Torna-se parte da pessoa que a utiliza e do ambiente que a cerca.

Feita basicamente de materiais reciclados, a cadeira Aeron é projetada para durar um longo período, com as partes mais usadas facilmente substituíveis e recicláveis. Exatamente o que podemos esperar de um design bem elaborado.

Consultora Comercial em Fortaleza/Ceará:
Adriana Dias: 85 9957-4995 / consultora.adriana@toplinefortaleza.com.br

 

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.