Anúncios politicamente incorretos

junho 30, 2009 | Bizarro, Comportamento, Educação, EUA, Mundo

Desde propaganda de cocaína e de armas para crianças até gente vendendo escravos, muitos anúncios lutam pelo título de mais politicamente incorreto da história.

São todos tão bizarros que nenhuma revista ou jornal hoje se atreveria a publicá-los. “A ideia do que é politicamente incorreto muda com o tempo. Essas propagandas são um reflexo dos costumes da épocam, e o que hoje parece absurdo antes não era nada de mais”, explica o professor José Roberto Whitaker Penteado, da Escola Superior de Propaganda e Marketing, de São Paulo. Não à toa, a maioria dos anunciantes modernos não teria nem coragem de fazer anúncios assim. Afinal, não são loucos de ofender os consumidores, além de perder um montão de dinheiro por causa disso, correr o risco de parar na cadeia!

O ABSURDO À VENDA
Se a propaganda é a alma do negócio, veja como ela também já foi um baita espírito de porco!

Anuncio-de-vendas-de-armas-para-criancas

NÃO É BRINQUEDO, NÃO
Venda de armas para crianças – EUA – 1972
Família feliz é uma família com espingardas na mão? Bom, só se for de serial killers! Mesmo sendo de chumbinho, é muita falta de noção anunciar armas como presente para a criançada. Imagine uma dessas nas mãos da Maísa: o Silvio Santos estaria fulminado!

Anuncio-de-gilete-navalha-na-mao-da-crianca

A PRIMEIRA FAZ TCHAU…
Navalha na mão de criança – EUA – 1900
Na época, o produto ate era inovador – uma lãmina mais segura, que faz a barba sem ferir a pele e evita acidentes. Mas de quem foi a ideia bizarra de enfatizar isso com um bebê segurando a gilete? Se o cara trabalhasse numa agência do Roberto Justus, certamente estaria…demitido!

Anuncio-propaganda-incentivando-o-fumo-passivo

O MAIOR BAFÃO
Incentivar o fumo passivo – EUA – 1970
Quer conquistar a gata? Fácil: “Solte uma baforada na cara dela e ela vai segui-lo por toda parte”. É, no mínimo, burrice vender o mix de machismo e intoxicação como receita para seduzir alguém, né?

Fonte: Mundo Estranho

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.