Ataque cracker à Telefônica foi o motivo das falhas em Abril de 2009

junho 4, 2009 | Incidentes, Justiça, Utilidade Pública

Ilustração - Matrix / CrackerUm laudo feito pelo CPqD (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações) em Campinas confirmou que as falhas registradas no Speedy entre os dias 6 e 8 de abril foram causadas por ataques externos aos servidores da companhia.

Segundo o laudo do CPqD, o problema na instabilidade do serviço foi causado por “ações deliberadas e de origem externa” que “contribuíram para desestabilizar os servidores DNS (Domain Name Server – Servidor de Nome de Domínio)”, equipamentos que fazem a conversão dos nomes dos websites para os endereços IP correspondentes.

Vítima de um ataque de negação de serviço, a Telefônica não conseguiu atender seus assinantes plenamente entre os dias 6 e 8 de abril. No período, os usuários ficaram com a conexão à web funcionando de forma intermitente e com a navegação muito lenta.

O laudo também apontou “problemas de software e configuração” na rede da Telefônica, o que teria agravado as dificuldades dos usuários Speedy. O mesmo laudo faz uma lista de sugestões à companhia para diminuir as chances da tele sofrer um novo ataque do tipo.

Como compensação pelas dificuldades de navegação, a companhia propôs dar um desconto equivalente a 12 horas de serviço banda larga aos usuários do Speedy. O Procon-SP considerou a oferta insuficiente e pediu um desconto maior.

As duas partes concordaram em aguardar o laudo do CPqD para avaliar qual foi o tamanho do prejuízo dos usuários. O laudo deve orientar as negociações entre Procon e Telefônica para definição de qual é o desconto justo a ser concedido aos usuários do Speedy pelas falhas do início de abril.

Deu na INFO Online

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.