Avião Air France – Onze vítimas do acidente do voo AF 447 do Airbus são identificadas

junho 21, 2009 | Acidentes, América do Sul, Aviação, Brasil, Europa, Foto, Incidentes, Mundo, Pernambuco, Polícia, Recife


Dez são brasileiros e apenas um é estrangeiro.
Famílias não permitiram divulgação das identidades das vítimas.

Onze vítimas do acidente com o voo 447 da Air France já foram identificadas. Entre elas, dez são de nacionalidade brasileira e apenas um é estrangeiro. No total, até esta sexta-feira, haviam sido resgatados 50 corpos.

Veja galeria de fotos
Foto-Acidente-AirBus-Voo-447-Air-France-Mortos-Vitimas

Foto-Acidente-AirBus-Voo-447-Air-France-Mortos-Vitimas-destrocos

Foto-Acidente-AirBus-Voo-447-Air-France-Mortos--destrocos

O Airbus da Air France transportava 228 pessoas de 32 nacionalidades, entre passageiros e tripulantes. O voo, de número 447, deixou o Rio de Janeiro no dia 31 de maio às 19h30 (horário de Brasília) e fez o último contato de voz às 22h33. Às 22h48, o avião saiu da cobertura do radar de Fernando de Noronha.

A informação sobre a identificação das vítimas é da Força Tarefa, composta pela Polícia Federal e Secretaria de Defesa Social de Pernambuco, que tem o apoio de médicos legistas da Secretaria de Defesa Social da Paraíba.

Entre os brasileiros, cinco são do sexo masculino e cinco do feminino. O estrangeiro é um homem, mas não foi informada qual a sua nacionalidade.

De acordo com as autoridades, a identificação dos corpos seguiu as diretrizes da Interpol para a identificação de vítimas de desastres, que reúne procedimentos internacionalmente discutidos e cientificamente acreditados.

Os parentes das vítimas brasileiras identificadas foram informados sobre a identificação dos corpos por Superintendentes Regionais da Polícia Federal que fizeram visitas às famílias na noite da sexta-feira (19) e sábado (20). O comunicado sobre a identificação da vítima estrangeira foi realizada à embaixada do seu país de origem pela Polícia Federal.

As famílias foram as primeiras a receber o comunicado. Os parentes não autorizaram a divulgação da identidade das vítimas.

Veja nota oficial da Polícia Federal:

A Força Tarefa – composta pela Polícia Federal e Secretaria de Defesa Social de Pernambuco, com o apoio de médicos legistas da Secretaria de Defesa Social da Paraíba – informa que, dos 49 corpos das vítimas do desastre do vôo AF447 que se encontram no IML/PE, 11 já foram identificados até o momento, sendo 10 brasileiros e 01 estrangeiro. Dos brasileiros identificados, 05 são do sexo masculino e 05 do feminino. O único estrangeiro identificado até o momento é do sexo masculino.

A comunicação aos familiares dos brasileiros já identificados foi individualmente realizada pelos Superintendentes Regionais da Polícia Federal na noite da última sexta-feira e durante este sábado, por meio de visitas às residências dos familiares dos passageiros. O comunicado sobre a identificação da vítima estrangeira foi realizada à embaixada do seu país de origem pela Polícia Federal.

Em respeito ao compromisso estabelecido pela Força-Tarefa, as famílias foram as primeiras a serem comunicadas da identificação dos entes vitimados, momento em que externaram o desejo de que os nomes não fossem divulgados, o que continuará sendo respeitado pela Força-Tarefa.

Os trabalhos de identificação seguem as diretrizes da INTERPOL para a identificação de vítimas de desastres, que reúne procedimentos internacionalmente discutidos e cientificamente acreditados.

A metodologia de identificação consiste na comparação de informações antemortem, que são fornecidas pelos familiares das vítimas e institutos de identificação civil, com dados postmortem, que são diretamente observados e coletados nos corpos encontrados. São comparadas informações sobre vestes, pertences, tatuagens, características físicas, impressões digitais, alinhamento dos dentes, forma das coroas e raízes dentárias, dados sobre tratamentos odontológicos, cirurgias médicas, além de exames de DNA.

Em consonância com o protocolo INTERPOL, foram estabelecidas seções de identificação, que analisam individualmente as informações antemortem e postmortem nas áreas de papiloscopia (impressões digitais), vestes e acessórios, odontologia, medicina e DNA. Os representantes das seções de identificação compõem uma Comissão de Identificação, que se reúne periodicamente para discutir os achados específicos e, quando possível, para aprovar as identificações dos corpos. Também fazem parte da Comissão de Identificação, com total acesso aos trabalhos realizados no IML de Recife, um representante do Comitê Permanente da INTERPOL na área de desastres coletivos, Lynn Aspinall, e um médico-legista francês, Alain Sanvoisin, que assinam conjuntamente todas as identificações realizadas.

O critério adotado pela Comissão de Identificação é o de considerar identificados apenas os casos comprovadamente suportados pelo exame das impressões digitais, ou por exames de arcada dentária, ou por exames de DNA, que são considerados os 03 (três) métodos primários de identificação da INTERPOL. As 11 (onze) identificações confirmadas até o momento estiveram suportadas pela análise das impressões digitais e da arcada dentária.

Apenas depois da conclusão do processo de identificação as famílias das vítimas são comunicadas. Terminada esta etapa, encerra-se o trabalho da Força Tarefa com a liberação do corpo à família para o processo de traslado, que é de responsabilidade da empresa aérea.

A Força Tarefa comunica também que os trabalhos de identificação dos demais corpos continuam. Ainda é aguardada a chegada dos dados de referência para identificação da maior parte dos estrangeiros, informações imprescindíveis para o processo de identificação. A carência de dados antemortem explica o pequeno número de estrangeiros identificados.

Por fim, esclarece que NÃO serão feitos comunicados às famílias por telefone, e-mail ou outro tipo de correspondência e que é desnecessário o deslocamento de familiares das vítimas para Recife, já que serão os primeiros a serem pessoalmente comunicados em suas residências por autoridades da Polícia Federal.

Fonte: G1

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.