Mobilidade – Dados coletados por smartphones e tablets serão a maioria e os mais valiosos para o mercado.

julho 23, 2013 | Blog, Brasil, Documentos, Facebook, Internacional, Internet, Mundo, Pinterest, Redes Sociais, Tecnologia, YouTube

O CIBC, banco canadense, prevê que a geração de dados irá crescer 50 vezes na próxima década, enquanto a consultoria IDC, acredita que os dados aumentarão 44 vezes até 2020. Apesar das pequenas divergências de números, ambos concordam que a mobilidade terá grande papel na explosão de informações.

Em um recente estudo do Business Insider, o veículo revelou que a mobilidade está gerando dados a partir de aplicativos e outros serviços que trabalham em segundo plano. Tecnicamente, estes dados não são diferentes dos criados na web tradicional.

A diferença, no entanto, é que os internautas estão gerando mais informações ao adotar smartphones e tablets, já que os aparelhos documentam todos os movimentos e ações dos usuários. A pesquisa ainda afirma que mesmo quando os hardwares estão desligados, armazenam dados.

As informações coletadas em dispositivos móveis, de acordo com o estudo, servem, principalmente, para otimizar e personalizar serviços móveis. Os desenvolvedores, por exemplo, usam os dados captados para reter usuários. Por meio da coleta, eles descobrem o que os consumidores querem e precisam em seus smartphones e tablets.

Os dados de localização também são essenciais na composição do Big Data móvel e a principal diferença em relação às informações da web tradicional, afirma o estudo. Os dados de localização estão transformando o mercado de publicidade, oferecendo inúmeras possibilidades para que anunciantes encontrem novas formas de reter clientes em potencial.

Sendo assim, a pesquisa concluiu que a mobilidade será responsável pela maioria dos dados gerados na próxima década, além de revolucionar a maneira como o mercado irá utilizar as valiosas informações obtidas por meio de smartphones e tablets.

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.