Câmera flagra morte em assalto a ônibus na Ilha do Fundão, RJ

maio 7, 2009 | Flagrantes, Polícia, TV, Videos, Violência, YouTube

O crime aconteceu na tarde de terça-feira (5 de maio), cerca de cinco suspeitos assaltaram passageiros na Cidade Universitária.

 

Assista o vídeo com a matéria completa

morte de um cobrador durante um assalto a um ônibus, na terça-feira (5), na Ilha do Fundão, no subúrbio do Rio de Janeiro, foi registrada pelo circuito interno de segurança do veículo.

Segundo a delegada Valéria de Castro, da 21ª DP (Bonsucesso), as imagens poderão ajudar na identificação dos suspeitos envolvidos no crime. 

Segundo a polícia, por volta das 13h de terça, pelo menos cinco homens armados entraram no ônibus, pagaram a passagem e anunciaram o assalto quando o veículo passava pela Cidade Universitária – como é chamado o campus da Universidade Federal do Rio (UFRJ) da Ilha do Fundão.

Nas imagens, um dos criminosos aparece atirando contra o cobrador Ubiraci Siquare dos Santos, de 29 anos, que, segundo a polícia, não tinha reagido.

Em seguida, o suspeito coloca um chiclete na lente da câmera do ônibus. Os criminosos fugiram com dinheiro e pertences pessoais dos passageiros. 

A vítima ainda foi levada para o Hospital Geral de Bonsucesso, também no subúrbio, mas não resistiu.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, Ubiraci foi morto com um tiro no olho esquerdo. 

Além das imagens, a delegada informou que pretende ouvir o motorista e testemunhas do crime para colher informações que ajudem a identificar os suspeitos. O reconhecimento também poderá ser feito através de fotografias.

Na segunda-feira (4), um suspeito foi baleado durante tentativa de assalto a ônibus, no Méier, também no subúrbio. 

De acordo com a polícia, o suspeito teria anunciado o assalto dentro do ônibus, quando foi interrompido por um policial militar que estava à paisana.Ele reagiu e atirou contra o criminoso.

Na terça-feira (5), a polícia divulgou imagens de um assalto a um posto de combustível em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Pelas imagens, é possível ver o momento em que a jovem de 20 anos, identificada como Angélica Maria de Souza, é atingida com um tiro na cabeça e cai no chão. Ela foi morta mesmo sem reagir ao crime.

Deu no G1

Comentários (5)

 

  1. Kali Grasso disse:

    Vergonha total a impunidade neste país!! não estamos seguros nem mesmo dentro de casa! aposto que esses monstros nojentos e repugnates continuarão soltos e praticando crimes horrendos, visto que a polícia não fará seu trabalho.. como sempre. por que não recorrem a recursos como DNA e impressões digitais??? Não tenho mais esperança de que o Brasil será um país melhor. VERGONHA MUNDIAL

  2. Rafael padilha da rocha disse:

    Sou cobrador aqui em Porto Alegre e fiquei sem reação quando vi a cenas na internet, covardia, esses vagabundos mesmo assim são protegidos pelos recursos humanos quando são pegos! Mesmo tirando a vida de um pai de familia!
    JUSTIÇA JA! UM CRIME ASSIM SO A MORTE PARA ESSES VAGABUNDOS!

  3. Ana Paula disse:

    Bira era funcionário e ex-aluno da escola onde trabalho a 8 anos. Uma perda enorme para nós. Queremos justiça.

    Uma pessoa incrível, cheia de qualidaes e cheia de amigos.

    Saudades dos colegas do C.E. Rodrigo Otávio

  4. marcos disse:

    É um absurdo como a violência do Rio é cavernosa,espero que o bope faça o mesmo com esses idiotas.Olho por olho e dente por dente…

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.