Capital Erótico, o que é? Ele pode garantir mais sucesso na vida

Março 31, 2010 | Padrão

Qual é o conjunto de qualidades que garantem sucesso mais a uns do que a outros? É o que um estudo publicado na Inglaterra chama de ‘Capital Erótico’.

A sensual Angelina Jolie tem de sobra. O carismático Barack Obama, também. A primeira dama americana conquista pelo estilo e Madonna, pela atitude. Todos eles possuem esse dom que pode alavancar o sucesso na carreira: o ‘Capital Erótico’.

O conceito foi definido pela pesquisadora Catherine Hakim, da ‘London School Of Economics’, na Inglaterra. No Brasil, muita gente concorda: o capital erótico é fundamental.

“Faz diferença porque eu acabei de sair de uma entrevista de emprego e o que importava mais era a aparência, o cabelo, as unhas, tudo”, conta a estudante, Camila Franco.

Capital erótico não é só aparência. Disposição e simpatia fazem parte do conceito. “Lá no serviço eles falam para mim que eu tenho um senso de humor enorme, eu sou uma pessoa que levanta o astral, onde eu chego, arrebento”, conta o auxiliar administrativo, Ilson Manoel.

Segundo a autora do estudo, as pessoas que possuem capital erótico acima da média têm mais facilidade para convencer os outros, fazer amigos, casar, conseguir um emprego e um salário maior.

O caça-talentos, Carlos Vitor Strougo, diz que, na hora de escolher candidatos para os postos mais altos de uma empresa, o capital erótico não tem lá tanta importância e pode até atrapalhar.

“Eu já ouvi pessoas dizendo não vou contratar fulana ou sicrana porque são muito bonitos e pode ser um motivo de dispersão dentro do escritório, eu não quero esse tipo”. “Recebo elogio na hora não apropriada, quando você está querendo focar só no trabalho”.

Mas, na opinião da especialista em recursos humanos, Ieda Maria Carvalho, o capital erótico é uma moeda valiosa dos nossos tempos. “O culto à aparência, a juventude eterna, a sensualidade, então, é lógico que isso em algum momento ia se refletir no mercado de trabalho”.

“As pessoas não visam só o lado profissional ou só lado pessoal, acabam misturando um pouco as coisas”. “Você sente que o cliente está atraído, então, abre mais as portas para você falar, expandir, explicar e seduzir e fechar o negócio”.

Fonte G1

Comentários (1)

 

  1. Elvis Rodrigo disse:

    isso pode parecer cruel com as pessoas digamos q nao sao atraentes ow bonitas mais no mundo em que vivemos isso é a mais pura verdade vc ser bonito ow atraente ajuda e mto no sucesso professional, mais o talento nao pode ser deixado de lado, por que sem competencia, habilidade e atatitude vc nao consegue se manter em um bom emprego
    ainda mais no mercado concorrido que enfrentamos.

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.