Caso Bruno, goleiro do Flamengo – Policiais e bombeiros fazem buscas por Eliza Samudio em sítio em MG

julho 8, 2010 | Brasil, Celebridade, Civil, Comportamento, Crime, Goleiro, Minas Gerais, Polícia, Violência


Propriedade seria usada por ex-policial para adestrar cães.
Cães farejadores foram enviados para o local.

Policiais e bombeiros fazem buscas em um sítio no município de Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na tarde desta quinta-feira (8). Segundo a polícia, a propriedade seria alugada por Marcos Aparecidos dos Santos para adestrar cães. A polícia acredita que o corpo de Eliza Samudio pode estar enterrado no local.

Santos é ex-policial e dono da casa que foi revistada na quarta-feira (7). Bombeiros escavaram cômodos do imóvel e uma área que dá acesso para a rua, em busca do corpo da jovem. Nesta quinta, o delegado Edson Moreira disse que Santos teria matado Eliza. O advogado Roberto de Assis Nogueira, que defende o ex-policial, negou envolvimento do cliente.

Três carros da Polícia Civil e cinco veículos do Corpo de Bombeiros participam da operação. Ao todo, cerca de 40 agentes estariam no local para ajudar nas buscas. Às 17h20, chegaram cães farejadores dos bombeiros.

Os vizinhos, segundo equipe de reportagem da TV Globo Minas no local, acompanham a movimentação de longe. Como a área do sítio é muito grande, os vizinhos próximos estão distantes da entrada.

A polícia informou que o trabalho de buscas no sítio não tem previsão para terminar.

Depoimento

Segundo a polícia, um menor que prestou depoimento, na terça-feira (6), confirmou que Eliza está morta. Aos policiais, o adolescente teria dito que foi convidado por um amigo do goleiro Bruno, do Flamengo, a levar Eliza Samudio do Rio de Janeiro ao sítio do atleta, em Minas Gerais.


FORAGIDO
Foto do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos

De acordo com o relato do menor, depois que chegaram a Minas, ele, Eliza e mais duas pessoas foram para um local que se parecia com um sítio. O adolescente foi apresentado ao suposto dono do sítio, que teria matado a jovem. O menor teria dito disse que os ossos de Eliza foram concretados no mesmo terreno.

Na última quarta, o menor viajou para Minas Gerais e foi com policiais e bombeiros até uma casa que pertenceria a Santos. Foram feitas escavações, mas nada de relevante foi encontrado. No carro que seria do proprietário, foram identificados vestígios de sangue que devem passar por perícia.

Desaparecimento

Eliza Samudio teve um relacionamento com o goleiro Bruno, que era do Flamengo, e alegava que teve um filho com o jogador. A criança nasceu em fevereiro deste ano. Eliza está desaparecida desde o início de junho.

Na quarta-feira (7), Bruno teve a prisão temporária decretada no Rio e se entregou. A polícia fluminense diz que ele é suspeito de ser o mandante do sequestro de Eliza. Em Minas, o goleiro é investigado pelo homicídio da ex-amante. Ele nega envolvimento no crime.

Fonte G1

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.