Comunidade no Orkut “Fatos e Babados de Rio Branco” – Justiça tira do ar comunidade no Orkut sobre fofocas

maio 12, 2011 | Padrão

Após denúncia, Google fechou página com boatos de moradores.
Logo em seguida, usuários criaram comunidades sobre bairros e colégios.

O fechamento pela Justiça de uma comunidade destinada a publicar fofocas sobre os moradores de Rio Branco inspirou a criação de outras páginas semelhantes no Acre. “Fatos e Babados de Rio Branco” foi criada há dois anos no Orkut para publicar, por perfis anônimos, notícias embaraçosas sobre os acreanos.

“Fatos e Babados chegou a ter mais participantes do que a comunidade oficial de Rio Branco”, afirmou o morador da cidade Davi Sopchaki, de 22 anos. Porém, depois que imagens eróticas de alguns usuários foram publicadas, uma denúncia registrada na Justiça tirou a comunidade do ar, segundo Sopchaki. A página ainda está disponível na rede social, mas não é possível publicar e nem editar nenhum conteúdo.

Com o fim do espaço para fofocar, os acreanos começaram a criar comunidades genéricas para suprir a necessidade de noticiar verdades sobre os outros anonimamente.

“Surgiram ‘Fatos e Babados’ de escolas, bairros e até de cidades do interior”, disse Sopchaki. Como exemplos, há o “Fatos e Babados” dos bairros Tucumã e Calafate, do Colégio Acreano e da cidade Sena Madureira. No entanto, algumas dessas comunidades também já foram removidas do Orkut.

“Não foi criada nenhuma página nesse estilo sobre alguma universidade. Acho que essas comunidades atraem mais adolescentes. O pessoal universitário não se liga nisso”, explica Sopchaki.

Fonte: G1

Comentários (1)

 

  1. Mateus disse:

    Má rapaiz uma fofoquinha de vez em qdo é saudável desde que não prejudique ngm huahuahua eu gosto do socioacre.com tem umas fofocas culturais huahaua

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.