Contratos de aluguel – IGP-M em queda faz preços pelo ‘índice do aluguel’ cair 1,72% no ano

dezembro 29, 2009 | Padrão

Foi o primeiro recuo no ano desde 1989, início da série histórica.
IGP-M registrou deflação de 0,26% em dezembro após alta em novembro.

Os preços medidos pelo IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado) registraram deflação, ou queda, de 0,26% em dezembro, depois de variação positiva de 0,1% em novembro.

Com isso, o chamado “índice do aluguel” fechou o ano com deflação de 1,72%. Foi a primeira queda desde 1989, início da série histórica do índice. Em 2008, o IGP-M havia registrado alta de 9,81%.

O IGP-M é calculado pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), que divulgou os dados nesta terça-feira (29).

A queda do IGP-M no ano foi puxada pelos preços no atacado, que caíram 4,42% no ano. Já os preços ao consumidor avançaram 3,97%, segundo a FGV.

Os preços da construção civil também avançaram no ano, acumulando alta de 3,22%.

Como muitos contratos de aluguel prevêem reajuste pelo IGP-M, quem tem contrato com renovação no final do ano deve pagar menos em 2010.

Dezembro

Um dos componentes do IGP-M, o IPA (Índice de Preços por Atacado) registrou queda de 0,5% em dezembro, após subir 0,08% em novembro.

O IPC, porém, que mede os preços ao consumidor, registrou alta de 0,2% em dezembro, após subir 0,14% em novembro. O principal responsável pela alta do IPC foi o grupo Alimentação, que passou de queda de 0,11% em novembro para alta de 0,05% em dezembro.

Já o INCC (Índice Nacional do Custo da Construção) acelerou para alta de 0,2% em dezembro, depois de subir 0,18% em novembro. A alta foi puxada pela aceleração dos preços do grupo Materiais e Equipamentos, que foi de 0,08% em novembro para 0,21% em dezembro.

Produtos

Os itens que mais contribuíram para a queda do IPA em dezembro foram a batata-inglesa (-24,09%) e o leite (-5,26%), seguidos pelo tomate (-27,55%).

Já os produtos que mais ajudaram a alta do IPC no mês foram o mamão papaya (28,26%) e a cenoura (46,62%).

No INCC, a alta foi puxada pelo preço do servente (alta de 0,21%) e de eletricista (0,60%).

O IGP-M de dezembro mede preços pesquisados de 21 de novembro a 20 de dezembro. O índice é usado no reajuste de muitos contratos de aluguel.

Fonte G1

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.