“Dia do pornô no YouTube” – Protesto publica 20h de filme pornográficos

Maio 22, 2009 | Cinema, Comportamento, Economia, Educação, Entretenimento, EUA, Europa, Filme, Internacional, Internet, Justiça, Mundo, Música, Polícia, Sensualidade, Tecnologia, TV, Videos, YouTube

Usuários se revoltam contra exclusão de clips musicais
youtube-porn-day

Uma ação coordenada entre vários usuários do YouTube postou mais de 20 horas de clipes pornográficos no site de compartilhamento de vídeos.

A autoria da ação foi reivindicada pelo fórum japonês Mange4Chan, que optou pela publicação de vídeos eróticos como forma de protestar pela remoção em massa em milhares de clipes de música disponíveis no serviço.
Pressionado pela indústria fonográfica, o YouTube vem removendo grande volume de conteúdo musical protegido por copyright, o que atende ao interesse das gravadoras, mas irrita muitos usuários.

O protesto apelidado de “YouTube Porn Day” obrigou o Google a manifesta-se sobre o assunto. Em breve declaração, os responsáveis pelo YouTube disseram que todo conteúdo erótico publicado ao longo do dia foi retirado do ar tão logo quanto os filtros da empresa e denúncias de usuários identificaram imagens de nudez.

O YouTube é alvo de diversos processos por infração de direitos autorais. O processo mais grave é movido pela Viacom, conglomerado que reúne marcas como MTV, DreamWorks e Paramount. A Viacom pede indenização de US$ 1 bi ao YouTube por infração de direitos autorais.

Fonte: Info

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.