Dicas de segurança para o seu aparelho eletrônico

novembro 30, 2009 | Acidentes, Comportamento, Crime, Golpe, Incidentes, Internet, Mundo, Polícia, Tecnologia

Seguranca-Foto-Windows-7-Anti-virus

Quais são as tendências de segurança para 2010?
A Symantec apresentou um estudo com previsões baseadas nos dados de sua Rede de Inteligência Global.

Realizado pela equipe do Symantec Security Response, unidade de detecção de ameaças online, o documento apresenta os resultados obtidos a partir de análises de ameaças e a das opiniões de especialistas em segurança:

Confira algumas das principais previsões para 2010:

-Só o antivírus não é mais suficiente: O aparecimento de novas ameaças polimórficas, como vírus capazes de alterar suas próprias características, e a quantidade de versões de malware perigosos, as empresas de segurança concluíram que o antivírus tradicional não é suficiente.

A solução seria a implantação de sistemas de reputação, que auxiliam os sistemas de proteção a detectar ameaças de forma mais rápida e eficiente. O conceito é baseado na experiência dos usuários ao abrir sites, baixar arquivos e executar programas. Isso ajuda a montar uma base de dados global sobre ameaças.

-Falso antivírus: Programas falsos de segurança começaram a ganhar popularidade entre os criminosos. Para 2010, a previsão da Symantec aponta que as empresas que criam esses programas devem elevar seus esforços a um novo patamar inclusive “sequestrando” computadores de usuários tornando-os inúteis e mantendo-os reféns mediante pagamento de resgate.

A Symantec informou que alguns fornecedores falsos de antivírus vendem “cópias rebatizadas” de softwares de segurança legítimos, como se essas versões fossem seu próprio produto. Muitos deles de distribuição gratuita.

Aplicativos de redes sociais serão alvos de fraude: A popularização das redes sociais atrai um grande número de criminosos. A empresa prevê também o aumento das fraudes dirigidas contra os usuários destes sites.

Com consciência desse fato, as redes devem investir mais em segurança, o que vai exigir mais esforço dos ladrões de identidade e scammers.

Windows 7 na mira dos cibercriminosos: O Windows é o eterno alvo das ameaças. Como sempre, os criminosos e crackers estarão de olho no sistema operacional, procurando por vulnerabilidades, falhas humanas e quaisquer brechas que permitam suas ações.

Malware para Mac e smartphones: Segundo a Symantec, “o número de ataques visando explorar determinados sistemas operacionais ou plataformas, está diretamente relacionado à grande participação no mercado destes dispositivos”.

Significa que quanto mais popular, mas visado é o sistema. Para um criminoso, isso significa um potencial maior para lucro, e os usuários de Mac começaram a se tornar um alvo interessante.

Os computadores da Apple e os smartphones cresceram. Isso é bom para o mercado, mas tal exposição pode causar problemas aos usuários. Malware para Mac já foi detectado, enquanto que os iPhones desbloqueados com jailbreak já foram atacados por vermes. A dica é não confiar cegamente na marca.

Você pode conferir os dados completos do relatório no site da Symantec. Se precisar de programas de segurança, acesse o Downloads INFO e baixe antivírus, firewall e outros programas de segurança.

Fonte Info

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.