Empresas aéreas britânicas proíbem passageiros com gripe suína

julho 20, 2009 | América do Norte, América do Sul, Biologia, Brasil, Internacional, Saúde, Saúde Pública, Utilidade Pública

Fotos-Empresas-Aereas-Britanicas-British-Airways-Gripe-SuinaDuas das maiores empresas aéreas britânicas, a British Airways e a Virgin Airlines, afirmaram nesta segunda-feira que passageiros que se apresentarem para o check-in com sintomas de gripe suína poderão ser mandados de volta para casa.

A assessoria de imprensa da British Airways afirmou à BBC Brasil, no entanto, que o procedimento era praxe mesmo antes de haver uma pandemia.

“Nada mudou. Sempre fizemos isso. Nossas equipes em terra são instruídas a avaliar se o passageiro está em condições de viajar. Caso tenham dúvidas sobre o estado de saúde dele, consultamos uma equipe de médicos“, afirmou a assessora Amanda Allen, da British Airways.

De acordo com as leis internacionais de aviação, companhias aéreas têm o direito de recusar o embarque de passageiros que estejam sob suspeita de portar doenças contagiosas.

Quando isso acontece, o passageiro é obrigado a arcar com a perda da passagem. “É um dos motivos pelos quais recomendamos a compra de seguros de viagem“, afirmou Allen.

Seguro de viagem

A assessoria da British Airways afirmou ainda que “apenas um punhado” de casos culminou com a proibição do embarque.

Na Virgin Atlantic, a explicação é semelhante. A empresa também diz ter uma equipe médica de plantão que costuma ser consultada em casos de dúvidas sobre o estado de saúde de passageiros.

“Nós não vamos transportar passageiros suspeitos de portar (o vírus) ou sofrendo de gripe suína ou qualquer outra doença infecciosa e vamos pedir-lhes que voltem ao aeroporto quando estiverem novamente saudáveis“, afirmou à BBC Brasil Janine Doy, da assessoria de imprensa da Virgin Atlantic.

As autoridades sanitárias da Grã-Bretanha também emitiram um alerta para turistas, pedindo que qualquer pessoa que apresentar sintomas da gripe suína evite embarcar para o país.

O ministério da Saúde britânico deve lançar nesta semana uma linha direta para esclarecer dúvidas da população sobre a gripe suína.

Para muitos na Grã-Bretanha, o ministério demorou demais em reagir ao avanço da doença e a linha direta deveria ter sido oferecida meses atrás.

Os sintomas mais comuns da gripe suína são febre, diarreia, perda de apetite, cansaço, dor de garganta, tosse e inchaço dos gânglios, entre outros.

Fonte BBC Brasil

Comentários (1)

 

  1. ademar cavalheiro disse:

    tenho muitas duvidas sobre a nova gripe,governo dis estar preparado para atender contaminados.sera ajente fica nos postos d.saude ate 4.horas pra ser atendido por uma gripe comum mandam pra casa toma um analgesico q.passa tenho baixa imunidade sou alvo facil pro novo virus mesmo assim nao tive atendimento especial tenho cancer,temo q.se nao for tomado atitude mais severa isso vai se espalhar tinha q.ter mais atençao das autoridade saude

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.