Geyse Arruda pós Carnaval – Após faltar às provas marcadas pela Justiça, Geisy quer nova chance

fevereiro 23, 2010 | ABC, Aluna, América do Sul, Brasil, Carnaval, Celebridade, Comportamento, Educação, Entretenimento, Estudos, Foto, Incidentes, Rio de Janeiro, São Paulo, Sensualidade

Estudante da Uniban alegou ‘pressão do carnaval’.
Provas de fim de ano seriam feitas entre 18 e 26 deste mês.

Mesmo avisada com antecedência, a estudante Geisy Arruda, de 20 anos, não compareceu à universidade para fazer as provas de fim de ano, marcadas entre os dias 18 e 26 deste mês. Ela conseguiu na Justiça o benefício de realizar os exames fora da época, pois alegou ter medo de voltar ao campus da Uniban de São Bernardo do Campo, no ABC, onde foi humilhada em outubro por usar um vestido curto. Agora, passada a folia do carnaval, Geisy quer remarcar as provas.

Por telefone, nesta terça-feira (23), ela contou ao G1 que “não se sentiu preparada, capaz” para fazer os testes. E atribuiu a falta aos dias de folia. “Eu estava com uma pressão horrível por causa do carnaval. Não consegui me preparar. Desfilei no Rio, em Salvador e em São Paulo e fiquei dias sem dormir”, relatou a estudante de turismo.

Apesar de admitir que pode ser reprovada, Geisy quer mais uma chance. “Gostaria de tentar mudar a data. Agora, vou novamente procurar a Justiça”, afirmou. No entanto, o advogado dela, Nehemias Domingos de Melo, informou não saber que providências tomar por enquanto. “Ela foi orientada de todas as formas, mas fez a opção de não comparecer para fazer as provas”, disse ele.

Uniban

Procurada, a Uniban informou, por meio da assessoria de imprensa, que ainda não pode reprovar a aluna porque o caso dela teve intervenção da Justiça. De acordo com o regimento acadêmico, por não fazer as quatro provas marcadas até esta terça, ela já estaria reprovada. A reprovação ocorre quando o estudante não consegue nota necessária em três disciplinas. Geisy faria sete provas e teria 3h para cada uma.

A assessoria da Uniban ressaltou que acatou a decisão do juiz Rodrigo Gorga Campos, da 9ª Vara Cível de São Bernardo do Campo, disponibilizando professores e sala de aula para que Geisy fizesse os exames. Disse ainda que a aluna teve a opção de escolher realizar os testes em outra ocasião, anterior ao carnaval.

“Eu estava me recuperando da cirurgia”, alegou a estudante, que, no fim do ano passado, se submeteu a uma lipoescultura e colocou silicone nos seios. “Quero fazer aulas extras. Eles não vão me dar provas fáceis.”

Décio Machado, um dos advogados que representa a Uniban, contou que é preciso esperar a manifestação da Justiça para que o futuro da aluna fique acertado. “Nossa preocupação foi respeitar aquilo determinado pelo juiz. Ela ignorou o calendário e teve duas opções de data”, afirmou.

Machado disse que foi avisado na véspera, na Quarta-feira de Cinzas (17), que Geisy não iria à Uniban. “Acho que ela fez pouco caso com a universidade”.

Fonte G1

Comentários (1)

 

  1. Malu disse:

    Espero que alguém possa ler o meu comentário.

    Acho que todos devem ter a chance de crescer, fazer sucesso, ficar famoso etc.
    Mas eu sito saldado do tempo em que para fazer sucesso, as pessoas mostravam talento, capacidade, beleza.
    Hoje em dia tudo é tão artificial. Quando querem colocar alguém na fama ou no auge, eles tentam a todo custo.
    Fico pasma aover as fotos não só sa geyse, mas muitos outros, é claro que não é a pessoa. A midia pensa que somos ignorantes ou o que.
    A leyde gaga faz tanta loucura para chamar a atenção e conseguiu ser a mais premiada. Eu não sei onde vamos parar com tanto absurdo.
    Quero ver novos idolos, novos talentos, como Roberto Carlos, Glória Pires, Chico Anisio, Renato Aragão, e tantos outros que chegaram a fama mostrando talentos.
    Ufa…
    é muita coisa para dizer, mas preciso sair.

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.