Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo: justiça suspende a decisão de publicar salários de funcionários na internet

junho 18, 2009 | Brasil, Comportamento, Internet, Justiça, Política, São Paulo, Utilidade Pública

Foto-prefeito-sao-paulo-gilberto-kassab O juiz Adriano Marcos Laroca da 8ª Vara de Fazenda Pública determinou que a Prefeitura de São Paulo retire imediatamente a lista de salários dos servidores públicos do site.

Em caráter provisório, a decisão foi justificada por “ir além daquilo que dispõe o artigo 1º da lei mencionada”.

Segundo as autoridades jurídicas, a divulgação legal dos funcionários prevê apenas as exibições de nome, cargo do servidor e unidade de lotação.

A tabela de vencimentos dos cargos em comissão, disponível desde a manhã de ontem (16) por decisão do prefeito Gilberto Kassab, não fazia parte da Lei Municipal nº 14.720.

O recurso foi feito pelo advogado da Federação das Associações Sindicais e Profissionais de Servidores da Prefeitura do Município de São Paulo, que alegou que o relatório apresenta um sério risco à integridade dos servidores públicos.

Fonte: Info

Comentários (3)

 

  1. carmen disse:

    CUIDADO COM A NIPPON PARTS?

    Caros amigos, escrevo este correio para relatar um problema que tive e que todos tenham cuidado com esta empresa que vou mencionar: NIPPON PART’S, localizada em São Paulo.

    Realizei uma compra de um parabrisa e outras partes para meu carro, e contatei essa empresa para importar essa mercadoria para Manaus. Essa compra foi fechada no dia 27/10/09 e o gerente, o Sr. José Ricardo Acetti de Santana, garantiu que minha mercadoria estaria em minha casa no dia 03/11/09, já que eu havia realizado no dia da negociação o pagamento na conta de seu sócio.

    Dias se passaram, chegou o 03/11 e nada de minha mercadoria. Entrei em contato com eles pelo Msn Messeger e o funcionário Fábio com quem falei chegou até a me dar um número de acompanhamento falso da TAM Cargo, dizendo que esta empresa foi a responsável pela retirada da mercadoria da empresa. Pediram que aguardasse um pouco que deveria chegar logo, e no 30/11 fui a TAM Cargo Manaus para verificar se havia algo em meu nome e não constava nada, e foi realizada uma busca desde o dia 01/11. Depois disso entrei em contato várias vezes por telefone, tentei entrar em contato pelo messenger onde fui ignorado diversas vezes, ao telefone contei para o gerente Ricardo que inclusive tive problemas conjugais por essa compra e ele sempre me dizia que ia resolver e nada.

    No dia 01/12, quando falei novamente com Ricardo ele me disse que houve problema com a transportadora, que a mercadoria estava em Manaus e que havia falado com eles e me pediu mais 48 h para que minha mercadoria fosse entregue ou ele iria me reembolsar e cheguei até a ameaçá-los que iria a Policia Federal. Esperei mais essas 48 h e nem mercadoria nem dinheiro. Hoje estou em uma briga tentando reaver esse dinheiro e até a presente data não o recebi.

    Escrevo isso para que vocês não sejam enganados por essa empresa e vejam como empresários descarados tratam pessoas que não são do seu Estado. O Sr. José Ricardo não cumpriu com sua palavra nem de empresário e nem como homem, mostrando assim como essa empresa (NIPPON PART’s) trata a seus clientes, com completo descaso e descumprimento de seus acordos.

    Por favor, enviem esse e-mail ao máximo de pessoas que conheçam para que não sejam enganados pela NIPPON como eu fui. Obrigado àqueles que colaborarem, e aos que não, obrigado pela atenção de ter chegado até aqui.

    • HEBERTON DE CASTRO disse:

      Meus amigos, escrevo este para reportar a vocês o resultado daquela novela com a NIPPON PART’S.
      Após o envio daquele e-mail em massa no dia 29/12, finalmente recebi minha mercadoria a qual foi despachada no mesmo dia às 12:30 chegando à Manaus no dia 02/01/2010, mas devido a problemas na receita minha mercadoria não foi para minha residência tendo que eu ir retirar a nota na SEFAZ e depois ir retirar a mercadoria que já se encontrava no CD da TAM CARGO MANAUS, isso tudo no 04/01.
      Mais uma vez procurei verificar junto à TAM CARGO se minha mercadoria não havia sido despachada antes e, para minha surpresa, a única data de envio que constava era a do 29/12/2009. Então, após retirar a mercadoria, verifiquei tudo e realmente chegou, mas com a borracha para o vidro que comprei que seria nova veio rasgada, o vidro que seria para ser degradê enviaram um vidro temperado (comum), mas a tampa do tanque veio correta.
      Peço que desculpem a demora em completar essa história, pois também tinha outras coisas pendentes que não podia deixar de resolver e acabei passando por uma pequena cirurgia, e somente no dia 13/01 verifiquei meus e-mails e vi o que estava acontecendo. Fiquei chocado ao ver que uma empresa de nome, se dignar a tentar desmentir tudo o que expus e ainda tentando manchar a reputação de um de seus clientes negando fatos que realmente ocorreram e tentar jogar a culpa no comprador, quando essa mercadoria só saiu de SP na data de envio do e-mail (29/12) e que TALVEZ só tenha sido resolvido por conta disso, já que havia tentado diversas vezes resolver amigavelmente.
      Agora, o recado que pretendo deixar a todos com esse caso, é que DENUNCIEM. Se você foi lesado de alguma forma por qualquer empresa, de alguma forma, não deixem cair no esquecimento, tornem público, lutem pelos seus direitos e façam esses empresários ver que independente que situação sócio-financeira, VOCÊ merece tanto respeito como ele mesmo e qualquer outro como pessoa, pois esta foi a forma mais rápida e eficaz que consegui resolver meu problema sem esperar pela justiça. Graças a atenção de vocês, esse é mais um caso (entre vários) que está finalmente resolvido.
      Abraços a todos e obrigado pela atenção dispensada.

      • Juraci F. B. Tofano disse:

        Estou passando pelo mesmo casso sou de MS e me passaram um numero de sedex que é de outro despacho, mas com certeza vou resolver nem que tenha que ir ate sao paulo com uns amigos meus

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.