Infiltração – O que fazer quando o seu teto, parede ou piso começam a ficar com bolhas, descascar e ficar cinza cor de mofo?

abril 18, 2011 | Acidentes, Foto

Tire todas suas dúvidas sobre infiltração

Sabe quando a parede começa a ficar com bolhas, depois descasca, aí fica cinza-cor-de-mofo e, por mais que você lixe e pinte, o problema volta a aperecer? Pois é, a minha parede sofre desse mal! Mas de onde ele vem? O que causa? Tem solução?

Elaine Ventura, especialista em impermeabilizantes para construção, esclarece as principais dúvidas sobre infiltrações. Vamos lá:

Quais as principais causas de infiltração em paredes?

Patologias na pintura, como trincas, bolhas, manchamentos e destacamentos em geral.

Quais áreas são as mais atingidas?

Tanto as áreas internas como as externas são atingidas. O piso também pode ser atingido. É preciso dar atenção dobrada aos revestimentos internos com acabamento em madeira, gesso e carpete.

Quais são os métodos mais indicados para tratar o problema?

O ideial é fazer o tratamento do lado em que a água exerce pressão. As paredes externas devem receber tratamento de tinta acrílica com elastômero. Esta tinta acompanha a dilatação da alvenaria/revestimento, não permitindo o surgimento de fissuras. Paredes internas, em que o consumidor não tem como fazer o tratamento externo ou a infiltração já está alastrada, é necessário remover o revestimento (tinta, reboco, chapisco) até atingir os blocos ou tijolos. Depois, aplicar revestimento impermeável, chapiscar com argamassa contendo adesivo e depois rebocar com argamassa impermeável. Aguardar a perfeita secagem e dar o acabamento é o passo final.

Pintores e pedreiros podem fazer o reparo ou só engenheiros civis e arquitetos estão aptos para isso?

A execução é dos pedreiros, mas com um treinamento prévio dos engenheiros e arquitetos. A participação dos engenheiros é fundamental no projeto e na especificação do que fazer.

Se o problema não for tratado, quais os riscos que a residência corre?

Além da desvalorização do imóvel, há o risco de colapso da estrutura.

A infiltração pode voltar depois de tratada?

Pode, se não forem feitas manutenções preventivas de total responsabilidade do morador. O uso da área impermeabilizada deve ser conforme o projeto original, qualquer interferência deve ser feita após estudo ou avaliação de um profissional.

Antes de reformar, o que o morador pode fazer para amenizar o problema?

Quando o problema está instalado, a reforma tem que ser feita. É difícil amenizar. Uma dica é manter a área ventilada, para ajudar a secagem do substrato e, assim, evitar o mofo.

Quando a infiltração vem da parede do vizinho, o que é preciso fazer?

Primeiro, analisar o tipo de infiltração. Por exemplo: se for através do muro de divisa, verificar a necessidade de calha ou rufo. Mas, no geral, o revestimento deve ser removido, fazendo a impermeabilização de confinamento.

Fonte: MEME Yahoo

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.