Medição da qualidade da banda larga móvel – Rio de Janeiro é o primeiro Estado a participar

novembro 1, 2012 | Padrão

O Rio de Janeiro é o primeiro Estado a participar da medição da qualidade da banda larga móvel, que começa nesta quinta-feira no País. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as conexões à internet prestadas por meio do Serviço Móvel Pessoal serão avaliadas por 137 medidores distribuídos em diversos pontos do Estado, escolhidos por amostragem. A medição de banda larga fixa também tem início hoje, através de equipamentos instalados em computadores de voluntários.

Até junho de 2013, outros Estados receberão os equipamentos para medição da banda larga móvel gradativamente. Em todo o País, serão instalados 3,8 mil medidores, número que poderá ser ampliado durante as avaliações do projeto. Até o final do mês, os usuários de banda larga móvel poderão medir a qualidade do serviço em seus computadores ou smartphones a partir de um programa disponível no endereço www.brasilbandalarga.com.br.

Já as medições da qualidade da banda larga fixa são feitas por meio de um equipamento medidor, o whitebox, instalado nas conexões de voluntários. Cada voluntário selecionado terá acesso a relatório com dados relativos à qualidade do serviço em sua residência ou empresa. Em todo o Brasil, serão selecionados até 12 mil voluntários.

Os primeiros resultados sobre a medição de qualidade serão divulgados pela Anatel até dezembro. A agência afirma que, com esses dados, reunirá informações para a adoção de medidas que permitam a progressiva melhoria do serviço.

A partir de novembro, as operadoras têm que entregar 20% da velocidade contratada imediatamente, durante a navegação, e em média, 60% da velocidade. Até novembro de 2014 essas taxas devem chegar a 40% e 80%, respectivamente.

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.