Menina Luiza de 9 anos e morta pelo cão Rottweiler no DF

junho 16, 2009 | Acidentes, Brasil, Brasília, Comportamento, Distrito Federal, Incidentes


Cão convivia pacificamente com crianças da família há oito anos.
Foram necessárias pauladas para parar o ataque do animal.

Uma menina de nove anos foi atacada pelo cão da família, da raça rottweiler, na noite desta segunda-feira (15) em um condomínio em Brasília. Ela morreu na hora. Segundo a família, Luiza Aires foi atacada pelo cachorro durante dois minutos.

Testemunhas afirmaram que ela levou mordidas no pescoço, no rosto e na cabeça. Dois homens conseguiram apartar o animal com pauladas, mas já era tarde demais.

Manoel Aires, tio de Luiza, conta que o animal convivia com as crianças há oito anos e tinha um bom comportamento com a família. “Era um cachorro que convivia dentro de casa, não era só dentro do quintal. Eles brincavam, pegavam no cachorro, nas orelhas, davam comida. Era uma coisa linda, como se fosse uma criança”, diz o tio da menina, Manoel Aires.

A tragédia aconteceu em uma casa no Condomínio Ouro Vermelho, próximo ao Jardim Botânico de Brasília. Luiza Aires chegava em casa com a mãe e o irmão quando o cão avançou sobre a menina. Seguranças do condomínio ainda tentaram socorrer. “Em menos de 30 segundos, eu e outro segurança chegamos ao local. Encontramos o cachorro segurando a garota. Com o cassetete, ele deu uma paulada no cachorro, foi quando ele soltou a menina”, conta o segurança Ademilson Oliveira.

A polícia concluiu a perícia durante a noite. Os pais da menina vão ser chamados para depor nesta quarta-feira (17), na delegacia de São Sebastião.

Fonte: G1

Comentários (3)

 

  1. vera disse:

    rapaz,eu adoro animais mais depois dessa choquei.

  2. Rosa disse:

    Cinseramente eu amo animais, mais jamais acho que deveria conviver junto com ser humanos.

  3. ISABELE disse:

    eu nao acho justo q alguem cria cachorro q viram montros

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.