Mensagens via SMS – Perdas das operadoras com serviços de mensagem instantânea devem chegar a U$$ 54 bilhões até 2016

outubro 12, 2012 | Entretenimento, Europa, Internet, Mundo, Redes Sociais, Tecnologia

Até 2016, as operadoras em todo o mundo perderão US$ 54 bilhões em receita com SMS devido ao aumento da utilização de serviços de mensagem instantânea em smartphones, aponta estudo da Ovum. A consultoria projeta uma perda de US$ 23 bilhões até o fim deste ano com serviços de mensagem de texto. Operadoras da Europa e da região da Ásia-Pacífico serão as mais afetadas.

O WhatsApp, uma das maiores marcas de serviço de mensagem, obteve grande aumento de penetração em mercados como Cingapura e Holanda. A Ovum acredita que esse nível de crescimento vai continuar com o aumento da penetração de smartphones e da banda larga móvel, e aponta outros players como a textPlus, Pinterest e fring com potencial para crescer neste mercado.

A Ovum alerta que, para as operadoras se manterem relevantes e competitivas no mercado de mensagens via celular, devem fazer acordos com os fabricantes de aparelhos. Além disso, aponta que os serviços sociais de mensagens não são uma tendência, mas uma mudança nos padrões de comunicação. “Mensagens sociais estão cada vez mais difundidas, e as operadoras estão sob crescente pressão para impulsionar as receitas com mensagens de seus negócios de comunicações”, destacou o analista de telecomunicações da Ovum, Neha Dharia. “As operadoras precisam entender o impacto dos aplicativos de mensagens sociais no comportamento do consumidor, tanto em termos de mudança nos padrões de comunicação quanto no impacto sobre as receitas de SMS, e oferecer serviços para atender essa demanda.”

A consultoria completa dizendo que as operadoras não devem apostar na oferta de uma plataforma chamada serviços ricos de comunicação (RCS, na sigla em inglês), que fornecerá compartilhamento de arquivos, chamadas de vídeo e mensagens com base em IP. No entanto, o RCS não deverá atingir o mercado de massa antes de 2014, por isso, até lá, as operadoras devem criar estratégias de preços inovadoras, parcerias e lançamento de serviços de mensagens IP para manter-se no mercado. “A fim de tirar proveito do RCS, quando chegar a hora, as operadoras terão que manter uma forte presença no mercado. Isso significa que eles precisam se deslocar para mensagens sociais agora “, concluiu Dharia.

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.