Missa de sétimo dia – Solidariedade: amigos rezam por Rafael Mascarenhas, filho de Cissa Guimarães

julho 27, 2010 | América do Sul, Brasil, Foto, Rio de Janeiro

A missa de sétimo dia do músico aconteceu na paróquia de Nossa Senhora da Paz, na Zona Sul do Rio.
Cissa Guimarães e muitos colegas de profissão da atriz, amigos e familiares acompanharam a missa de sétimo dia de Rafael Mascarenhas, filho da atriz, que aconteceu na noite desta terça-feira, 27, na paróquia de Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, Zona Sul do Rio. Rafael morreu na última terça, 20, vítima de um atropelamento em um túnel no Rio de Janeiro. Ele tinha 18 anos.

Entre os presentes à missa estavam os atores Carolina Dieckmann, Ney Latorraca, Marcelo Brou, Maitê Proença e Lília Cabral. Ao final da cerimônia, marcada por muita emoção, os irmãos de Rafael, João e Tomás, fizeram uma homenagem. O pai de Rafael, Raul Mascarenhas, também participou tocando no saxofone usado pelo filho a música “Oin”, como Rafael chamava o instrumento quando pequeno.

“Rafa, que saudade, estou aprendendo sobre esse vazio que você nos deixou. Me sinto confuso, perdido nesse vácuo (…) Espero que onde você esteja tenha carinho proteção e música. A nossa música que hoje é o silêncio”, dizia trecho da mensagem lida pelo irmão, Thomaz.

Já seu outro irmão, João Velho, relembrou as brincadeiras de criança. “Irmão, eu não escrevi nada. Mas pensei em um monte de coisa. Quando ele era pequeno, eu o chamava de prego, por que era o mais novo. Os amigos dele me disseram que ele levava isso a sério. Vou sentir saudade dessas brincadeiras. Quando puder, passe lá em casa e me dê um beijo, mesmo que eu não saiba”.

Os músicos da banda de Rafael, “The Goodfellas Band”, encerraram a missa com quatro músicas. Cissa Guimarães deixou a igreja assim que terminou a missa, por volta das 20hh50, pela sacristia.

“Celebrei a Santa Missa e tudo o que posso dizer agora é que devemos rezar muito pela Cissa. Um dia todos vamos nos encontrar no céu”, disse o vigário paroquial Jorjão ao EGO.

A igreja fechou às 22h e os últimos a deixarem o local foram os integrantes da banda de Rafael e o irmão João Velho.

Fonte EGO

Comentários (5)

 

  1. ROSANA MARIA DA SILVA SOUZA disse:

    Realmente Ivone a tristeza, o sofrimento , a dor , a saudade tudo invade o coração de uma forma mais agressiva que você possa imaginar. tem horas que tenho vontade de cavar um buraco e me enterrar pois é muito grande a dor e uma dor que não tem nome nem sei lhe explicar só sei dizer que dói e dói muito fique com Deus beijos Rosana.

  2. ROSANA MARIA DA SILVA SOUZA disse:

    Querida Tatiana , realmente o que você escreveu é uma verdade como uma pessoa depois de passar por tudo isto consegue dá força para alguém. Primeiro peço muito ao Deus que eu confio, depois entreguei a minha vida a Deus, só que passo muitas deficuldades de conformação, tem dias que a minha vontade e cavar um buraco e me enterrar, pois e uma baixa estima muito grande, não sei lhe explicar o tamanho da minha dor, só sei lhe dizer que dói e dói muito o sofrimento e muito grande. Fique com Deus Rosana.

  3. Rosana Maria da Silva Souza disse:

    Cissa Guimarães eu sei perfeitamente a dor que sente pois no dia 01 de julho de 2009, perdi minha unica filha num acidente vindo do colégio. Minha filha estudava no colégio Pedro II unidade de São Cristovão, minha filha vinha do colégio na van escolar quando o transportador da van colidiu num rebouque sem sinalização na linha vermelha causando a morte da minha filha na hora, minha linda filha só tinha 14 anos faria 15 anos no dia 15 de junho de 2010. Os meus sonhos foram todos de agua abaixo eu sou a mãe da Raianny da Silva Souza , luto com todas as forças até hoje para saber os verdadeiro culpados da morte da minha filha pois alguém teve culpa e este alguém não foi eu.
    Faço tratamento médico e continuo frequentando a igreja buscando a Deus para tentar me conformar pois enterrar um filho não e molhe. Eu posso dizer o tamanho da sua dor. Não sabemos porque passamos por tudo isto eu já havia perdido o meu marido em março de 2007 de infarto quando foi em 2009 perdi minha unica filha entrei em desespero mas uma coisa eu lhe digo tenho buscado demais a Deus, até porque será uma marca por resto da minha vida.
    Desejo de todo coração tudo de bom para você e toda a sua familia vou está orando para que Deus traga o conforto para vocês porque esquecer nunca.
    Eu sei o tamanho do nosso sofrimento fique com Deus. De todo coração Rosana.

  4. ivone disse:

    a tristeza invade meu coração, não tenho palavras……….
    talvez porque sou mae e acredito que não havera dor maior neste mundo do que perder um filho……..
    Força amiga e muita coragem para continuar a viver..

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.