Orelhões multimídia – Telefones público vão acessar a web e enviar SMS

outubro 1, 2012 | América do Sul, Brasil, Comportamento, Economia, Empresas, Internet, São Paulo, Tecnologia, Utilidade Pública, Vivo

Se TVs, celulares, computadores e tantos outros eletrônicos evoluíram, agora, chegou a hora dos orelhões. Até o final do ano, a Vivo pretende instalar até dez orelhões multimídia (isso mesmo!) na cidade de São Paulo.

Além de realizar chamadas telefônicas, você poderá utilizá-los em videochamadas e para enviar SMS, navegar em sites da internet e descobrir quais são os estabelecimentos comerciais ao seu redor. Quer mais? Vem com tela de cristal líquido e câmera de 1.2 megapixel.

Mas, apesar de tantas inovações “emprestadas” da área de celulares, o aparelho em questão é um telefone público. “Saímos de uma plataforma que explora só voz para uma que trabalha com serviços”, disse Marcos Aurélio Pegoreti, pesquisador do CPqD, responsável pelo aparelho, ao jornal Folha de S. Paulo.

O projeto que transformou o telefone público em uma central multimídia de serviço, como vem sendo chamado, começou há três anos. O objetivo é claro: tirar os equipamentos do ostracismo, aumentando sua utilidade numa época em que os smartphones estão cada vez mais populares e repletos de novas funções.

Desde meados de agosto, o primeiro orelhão multimídia já está funcionando na sede da Vivo em São Paulo. A empresa informa que, por enquanto, o aparelho não está em fase comercial. Como faz parte de um projeto piloto, a maioria dos novos aparelhos deverá ficar em prédios da própria empresa. A decisão dos outros pontos ocorre em outubro.

Fonte: Planeta UOL

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.