Réveillon pelo mundo – Conheça as superstições e tradições

dezembro 31, 2012 | Alemanha, Brasil, Comportamento, Entretenimento, EUA, Europa, Foto, Internacional, Itália, Mundo, Réveillon

O Ano Novo é uma época para renovar promessas, fazer planos e resoluções. Cercada de simbolismos, a data é comemorada de diferentes maneiras ao redor do globo e não faltam superstições e rituais realizados na virada do ano para trazer boa sorte ou deixar os males para trás.

Enquanto os brasileiros pulam sete ondas, espanhóis comem 12 uvas, dinamarqueses quebram pratos, holandeses queimam árvores e italianos saltam de pontes. Confira as tradições de Ano Novo em 12 países:

brasil-tradicional-ritual-de-oferendas-a-iemanjaBrasil

A tradição mais forte, seguida à risca pela maioria dos brasileiros, é vestir branco durante a virada do ano. Os adeptos e simpatizantes de religiões como umbanda e candomblé costumam fazer oferendas a Iemanjá, a deusa dos mares, lançando flores ao mar. Para começar o ano com o pé direito, muitos brasileiros pulam sete ondas e fazem pedidos para cada uma delas. A lentilha também não pode faltar na ceia, pois acredita-se que ela traz sorte.

 

foto-imagem-rosa_parede-pasafenaEstados Unidos

Provavelmente a tradição mais famosa nos Estados Unidos é o lançamento da bola de réveillon da Times Square, em Nova York, às 23h59. Milhares se reúnem para assistir uma grande bola presa num edifício fazer uma descida de um minuto, chegando exatamente à meia-noite. A tradição começou em 1907.

Outro costume é a “Rose Parede”, que acontece em Pasadena, na Califórnia, no primeiro dia do ano. O desfile antecede o “Rose Bowl Game” – jogo de futebol entre times de universidades – e leva milhares às ruas para assistir à passagem de carros alegóricos. O primeiro desfile foi realizado em 1886.

Camboja

Durante o festival de Ano Novo, comemorado em abril, as crianças do Camboja lavam os pés dos seus pais e avós para demostrar respeito aos anciãos e para obter bênçãos em troca. Elas seguem a tradição de borrifar água nos rostos uns dos outros, durante a manhã, e nos pés, à noite. No país, o ano novo é comemorado por três dias e é chamado de “Chaul Chnam Thmey”, na língua nativa, que significa “Entre ano novo”. Nestes dias, as pessoas também costumam derramar água colorida em seus amigos e parentes, simbolizando os desejos para o futuro.

Alemanha

O porco simboliza boa sorte na comemoração do Ano Novo na Alemanha. As celebrações muitas vezes incluem banquetes tendo o leitão como um dos pratos. As mesas são decoradas com porcos em miniatura feitos de marzipã (massa doce), açúcar, massa de biscoito ou chocolate. Entre os povos germanicos, os porcos eram sinal de fartura, fertilidade e riqueza. Há séculos, quem possuía um porco era considerado abastado.

superticao-italia-saltar-rio-tibre-roma-primeiro-dia-do-ano

Itália

Em Roma, 1º de janeiro é o dia de alguns corajosos se arriscarem, pulando da Ponte de Santo Ângelo para dentro do Rio Tibre. O salto é considerado muito arriscado porque o rio é raso demais para suportar mergulhos desse tipo. Além disso, a água está bastante fria nessa época do ano (inverno no hemisfério norte). O primeiro salto foi realizado em 1946. Muitos italianos vão ao local somente para observar os saltos. Para os praticantes, o mergulho é uma maneira de atrair boa sorte.

Dinamarca

À meia-noite do dia 31 de dezembro, dinamarqueses costumam subir e pular de cadeiras, na esperança de banir todos os maus espíritos e trazer boa sorte. Eles também quebram pratos nas portas de seus amigos como prova da amizade e lealdade. Uma grande quantidade de cacos em frente à casa demostra que o morador tem muitos amigos.

superticao-holanda-banho-gelado-primeiro-dia-do-ano

Holanda

Em algumas cidades holandesas, são acesas fogueiras públicas para queimar árvores de Natal. Mergulhos são organizados em uma série de lagos, canais e no Mar do Norte. Os eventos são televisionados e os participantes são vistos com admiração, pois nessa época do ano o país costuma registrar temperaturas negativas.

Equador

Os equatorianos se reúnem para queimar fotos e imagens que representam algo que não gostam e não desejam ter em suas vidas no novo ano.

Espanha

Quando o relógio marca meia-noite, os espanhóis comem 12 uvas, uma para cada badalada do relógio. A tradição visa trazer boa sorte para cada mês do novo ano.

Belarus

Em Belarus, as mulheres solteiras competem entre si em jogos de habilidade para determinar quem vai se casar primeiro no ano que se inicia. Um dos jogos envolve fazer uma pilha de milho em frente a cada uma das moças e soltar um galo para que ele escolha uma das pilhas. Acredita-se que a dona da pilha escolhida pela ave irá se casar antes das demais.

Inglaterra

Em Londres, no primeiro dia do ano ocorre a tradicional “London New Year Parede”. O desfile conta com a participação de artistas de vários países, que realizam números de dança, acrobacias e diversas performances. A parada é assistida por uma multidão que lota as ruas da capital inglesa.

superticao-londres-desfile-primeiro-dia-do-ano

Em Londres, um desfile é realizado no primeiro dia do ano.

Áustria

Os austríacos utilizam chumbo para adivinhar o que os espera no próximo ano. À meia noite, eles derramam o chumbo derretido em uma tigela com água e observam as figuras que se formam. Se uma bola se formar, significa boa sorte. Uma âncora significa que a pessoa precisará de ajuda no ano seguinte. Se a aparecer o formato de uma cruz, pode significar que a pessoa irá morrer no próximo ano.

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.