Vídeo: empregados dos correios atirando encomendas no chão do depósito da empresa ECT

agosto 30, 2013 | América do Sul, Brasil, Comportamento, Correios, Crime, Empresas, Facebook, Foto, Redes Sociais, Utilidade Pública, Videos, YouTube, YouTube

Um flagra da atuação de funcionários em um depósito dos Correios está causando revolta nas redes sociais. No vídeo abaixo, eles arremessam encomendas longe, sem distinguir o que pode ser frágil. Segundo a descrição das imagens, o registro foi feito em uma unidade de Santa Rosa, bairro da cidade de Niterói, Região Metropolitana do Rio.

“É assim que o Sedex trata as suas encomendas”, destaca a moça que filma a situação. “Todos os dias é a mesma coisa. Todo santo dia, no Sedex, é assim. Eu moro de cara para isso. Todos os dias eu vejo isso. Já liguei, já reclamei e não aconteceu nada. Eu fico imaginando quantos milhões de objetos quebrados não chegam nas casas todos os dias por causa desses filhos da … Quando eu liguei, o coordenador disse que eles eram proibidos de ‘basquetear’ as caixas e que ninguém ‘basqueteava’ caixas lá, não. Bom, se isso não é ‘basquetear’, eu não sei o que é ‘basquetear’.

No Facebook, o vídeo já foi compartilhado centenas de vezes. As imagens foram divulgadas até na página do Anonymous Brasil, onde teve 865 compartilhamentos até agora. .Em tempos de compras online, em que as encomendas chegam via Correios, muita gente se revoltou com o flagra. “ Legal, Sedex já pode criar um time de basquete…”, ironizou um seguidor do perfil Anonymous.

Por meio da página no Facebook, o Correios divulgou um comunicado, explicando que a conduta filmada não corresponde ao procedimento adotado pela empresa. Leia na íntegra:

“Em relação ao vídeo postado na internet sobre o tratamento de encomendas em uma unidade dos Correios no RJ, esclarecemos que o procedimento apresentado não é uma prática regular na empresa nem condiz com a qualidade operacional da ECT. Os Correios mantêm seus trabalhadores treinados sobre a maneira correta de tratar as cartas e encomendas. Nos seus 350 anos de atuação no Brasil, a empresa sempre manteve profundo respeito por seus clientes e elevada qualidade operacional, pautando suas ações pela ética e transparência.

Assim que teve conhecimento dos fatos apresentados no vídeo, a empresa realizou a imediata reorientação de todos os funcionários da unidade e determinou que sejam tomadas as providências administrativas cabíveis”.

Vídeo de funcionários dos correios brasileiros jogando encomendas no chão do depósito da ECT

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.