Crimes OnLine – Roubo de senhas teve alta de 400% em 2008

setembro 28, 2009 | Comportamento, Crime, Entretenimento, Game, Internet, Jogos, Justiça, Mundo, Tecnologia

Foto-Senha-jogos-World-of-Warcraft

O número de programas criados para facilitar o roubo de senhas cresceu 400% só em 2008, segundo dados publicados em uma pesquisa da McAfee.

Segundo o estudo, na época, o número de malware espalhados pela rede chegou a quase 400 mil. Atualmente, mais de seis mil novas ameaças do gênero aparecem por dia na internet com o intuito de se apoderar de dados pessoais dos usuários.

“Com transações de compras e bancárias ocorrendo principalmente de forma on-line nos dias de hoje, o roubo de senhas tornou-se um crime virtual comum. Independente de qual seja o vetor de ataque, em muitos casos algum tipo de malware para roubo de senhas chega até os computadores das vítimas”, aponta o documento.

O crescimento desse tipo de crime está ligado à evolução das técnicas utilizadas para a apropriação indevida de dados. Por exemplo, os criminosos observam cada movimento dos internautas com novos programas que tiram fotos da tela quando são digitadas senhas, ou que identificam e capturam informações de logins ocultos (sites onde as senhas aparecem como “******”).

Outra tática muito utilizada é a falsificação de websites confiáveis, criando pop-ups falsos para solicitar informações pessoais. Em muitos casos, o usuário chega ao site vindo de um link espalhado por spam ou worms em redes sociais.

Uma vez de posse desses dados, é possível recolher informações pessoais como senhas de bancos e número de cartões de crédito dos usuários, além de utilizar seus sistemas para espalhar mais pragas virtuais. O relatório também mostra que senhas de jogos online, como o popular World of Warcraft, da produtora Blizzard, são as mais almejadas da rede.

Fonte Info

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.