Americano reatar o relacionamento com a mulher mais obesa do mundo por saudade da vida sexual

novembro 22, 2011 | Padrão


Pauline Potter diz que está com 330 kg, mas agora pretende emagrecer.
Alex, que estava longe há 3 anos, diz que casal faz sexo todos os dias.

Um americano que há três anos se divorciou de uma mulher que pesava 292 kg diz que se sentiu mais atraído quando ela ganhou ainda mais peso, e pediu para reatar o relacionamento, segundo informações do “Daily Mail”.

Pauline Potter já era então a mulher mais obesa do mundo, segundo o livro dos recordes Guinness. Aos 47 anos, ela diz que o divórcio a motivou a engordar ainda mais nos últimos anos, e ela agora diz ter alcançado a marca de 330 kg.

“Sentia falta de nossa vida sexual. A Pauline poderia pesar 450 kg, e mesmo assim faríamos sexo todos os dias, porque é bom assim”, afirma Alex, dizendo que seu peso é inferior ao de uma das pernas de sua parceira. Ele voltou a morar com a mulher em Sacramento, no estado americano da Califórnia.

Eles estavam separados desde 2008, após o casamento que durou cinco anos. A mulher se diz agora determinada a perder peso, para que o casal possa tentar ter uma filha. Ambos já têm um filho cada, de relacionamentos anteriores.

“Meu objetivo é perder mais de 90 kg, e farei uma cirurgia de redução de peso para que eu consiga andar novamente, sem depender da ajuda de outros”, afirma Pauline.

Comentários (1)

 

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.