Sonegação Fiscal – Programa da Bematech para bares e restaurante pode permiter caixa 2

agosto 31, 2009 | Brasil, Comportamento, Economia, Flagrantes, Impostos, Polícia, Receita Federal

Imagem-programa-Mister-Chef-sonegacao-fiscal-caixa-2-modulo-Bematech

O programa MisterChef, produzido pela Bematech, virou alvo de suspeitas após relatos de que o programa teria um módulo para ajudar na sonegação de impostos.

O software, utilizado para gerenciar bares e restaurantes, foi acusado por empresários de oferecer recursos para burlar a lei, incluindo uma função para venda com caixa dois, segundo informações da Folha de S. Paulo.

O jornal relata que comerciantes denunciaram a existência de dois modos de funcionamento no programa. O online obriga a emissão de notas fiscais geradas por uma impressora lacrada, conhecida como ECF (Emissor de Cupom Fiscal). Além disso, os dados da transação permanecem na memória do sistema.

Já o offline, ou PED (Processamento Eletrônico de Dados), utilizado para cheque e dinheiro, emite notas ficais comuns e opera com uma impressora sem lacre e não dispõe de armazenamento de dados na memória. O que, segundo os comerciantes, facilita a sonegação.

Um dos entrevistados afirmou que, ao oferecer o produto, algumas revendas citam a opção para esconder dados de transações utilizando a função PED.

A Bematech se defendeu afirmando que o problema parte da má orientação dos revendedores e do uso irregular por parte dos próprios estabelecimentos.

Fonte Info

Comentários (1)

 

  1. […] programa, utilizado para gerenciar bares e restaurantes, virou alvo de suspeitas após relatos de que ele oferece recursos para burlar a lei e facilitar a venda com “cai…, segundo informações publicadas na Folha de S. […]

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.