Vídeo do bumbum de uma frentista “brasileira” – Jornal alemão destaca vídeo

janeiro 26, 2011 | Comportamento, Foto, Internet, Mundo, Redes Sociais, Sensualidade, Videos, YouTube

Imagens, no entanto, foram feitas em país de língua espanhola.
Na rede, especula-se que vídeo é argentino ou mexicano.

O site do jornal alemão Bild destaca nesta quarta-feira (26) um vídeo do bumbum de uma frentista, que chama a atenção por usar uma calça apertada.

O Bild afirma, na reportagem, que trata-se de uma frentista brasileira e que o vídeo teria sido feito no país. Pela internet, no entanto, o G1 encontrou publicações do mesmo vídeo, feitas há cerca de um ano, dizendo se tratar de funcionárias de um posto na Argentina. No início, é possível ouvir uma pessoa falando em espanhol.

Em outros sites, especula-se que as imagens tenham sido feitas em um posto – também de bandeira Petrobras – na cidade de Nuevo Laredo, no México, que teria sido inaugurado no início de 2010.

O mais provável é que o vídeo que está circulando tenha mesmo sido feito na Argentina, já que há versões diferentes que mostram placas de automóveis com registro no país sul-americano. Na rede, é possível encontrar mais de uma dezena de vídeos semelhantes, a maioria cadastrada com a expressão “gasolineras sexys”.

Imagem do bumbum de uma frentista

Comentários (5)

 

  1. ANTONIO ROCHA MAIA disse:

    Amigos, bom dia.
    Isso não é um bum-bum, isso é na realidade, uma BUNDA com letra MAIÚSCULA… Um Cu, um enorme RABO… Nossa, como eu sonho com uma BUNDA dessas!
    Parabens, vocês escolheram o mais lindo RABO do mundo, para ornar essa página.
    Toninho.

  2. rico disse:

    concordo com a ana caroline enfiaria a cara e mandava ela piscar o redondo na minha lingua

  3. Flavio Camilo Figueiredo disse:

    Eu me contentada em massagear com o meu p** esse rego delicioso!

  4. ana caroline lopes nery disse:

    da vontade de infiar a cara dentro

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.