Vídeo dos presos espancados no Presídio de Tijucas na Grande Florianópolis

novembro 2, 2009 | Brasil, Comportamento, Crime, Flagrantes, Justiça, Polícia, Santa Catarina, Videos, Violência

FLORIANÓPOLIS - Em nome da segurança máxima, os agentes do Departamento de Administração Prisional (Deap), com apoio das polícias civil e militar, realizam operações pente-fino e de transferências para outras unidades. Segundo o Secretário Executivo da Justiça e Cidadania, Justiniano Pedroso, vistorias na carceragem ocorrem semanalmente.

Uma das operações de transferência foi gravada em vídeo. O trabalho, que era para ser uma forma de amenizar a superlotação na penitenciária, tornou-se um ato de violência. Trancados nas celas, os presos foram obrigados a inalar spray de pimenta. Alguns acabaram espancados. Aos gritos de socorro, apanharam dentro de um banheiro. Algemados com as mãos para trás, levaram socos e chutes.

- Ai, não, senhor, não – implora um deles enquanto recebe tapas.

Durante a surra, um preso chora por receber murros, pontapés e também por saber que terá a cabeça mergulhada em um vaso sanitário. É sempre o passo seguinte. Após o espancamento, o afogamento.

Um dos homens que comanda a blitz nas galerias ordena:

- Diz pra não bater muito aí não. Fecha a porta aí.

O preso, jogado de um lado para o outro, é arrastado em direção à privada. Quando a porta se abre, ele aparenta estar desacordado e segue levando chutes de um agente prisional.

- Vocês têm que aprender. Quando a gente manda tem que obedecer – diz um dos torturadores.

A pancadaria continua. Exaustos de tanto apanhar, mais presos são afogados no vaso sanitário.

O Diretor do Deap, Hudson Queiroz, participou da operação, que teria ocorrido em fevereiro do ano passado:

- Até o momento que eu permaneci na unidade não houve nenhum problema de tortura como eu estou vendo. Eu nem sei se essas imagens fazem parte da mesma operação que nós fizemos em fevereiro de 2008.

Hudson também teria participado de um pente-fino no Presídio de Tijucas, também na Grande Florianópolis, em março deste ano. A Polícia Civil e o Ministério Público apuram prática de tortura na unidade.

Um laudo encaminhado à Justiça atestou lesões corporais em 143 dos 350 presos examinados. Todos disseram à polícia que apanharam com cabos de vassoura, pedaços de paus e de borrachas. A agressão ocorreu no chamado corredor polonês, onde os agentes formam uma fila dupla e obrigam os presos a passarem no meio para serem espancados. Um dos detentos disse que apanhou e ficou marcado nas costas e nas pernas.

- Foi tudo quanto é tipo de lambada. Mas teve muita gente lá dentro que ficou bem pior do que eu – desabafa.

O juiz-corregedor do município de Tijucas, Pedro Walicoski Carvalho, visitou o presídio acompanhado de uma comissão de inspeção. Registrou com fotos as lesões nos presos e afirmou que não houve atendimento médico aos agredidos.

- Nós, enquanto cidadãos, assistindo estas cenas, isto é repugnante. É uma situação que a gente não imagina que tenha acontecido, principalmente no sistema prisional que ainda é considerado um dos melhores – fala o juiz.

No caso de Tijucas, Hudson diz que participou da operação. Perguntado se teria presenciado a agressão, o diretor do Deap afirma:

- Eu presenciei o confronto entre os presos e as forças de segurança do Estado.

Segundo ele os agentes precisaram bater nos presos porque houve reação.

- Quando há confronto, prefiro que se machuquem os presos e que os meus agentes saiam ilesos. Foi uma intervenção pesada para manter a ordem. Os presos tinham diversas armas artesanais com eles. A intenção deles, pelo que eu soube, era até fazer um agente como refém. Não dá para chegar lá entregando flores para os detentos em confrontos assim. A mão do estado tem de prevalecer – argumenta o diretor do Deap.

Para o juiz corregedor do presídio de Tijucas, Pedro Walicoski Carvalho, isso não justifica a agressão:

- Havendo um embate o Estado tem que se impor. Todavia, existe um limite dessa reação.

Polícia investiga o caso
A delegada de polícia de Tijucas, Luana Backes, abriu inquérito para apurar as denúncias. Segundo ela, os presos não ofereceram qualquer tipo de resistência ou reação que pudesse justificar a barbárie.

- As agressões foram muito graves e em razão disto está configurado crime de tortura – diz a delegada, que quer agora identificar os agressores.

Para Secretaria de Justiça, o caso deve ser apurado. A reportagem mostrou as imagens ao secretário executivo de Justiça e Cidadania de Santa Catarina, Justiniano Pedroso. Para ele o caso deve ser apurado:

- Nós não compactuamos com isso, de maneira alguma. Nós vamos apurar para que a gente abra os procedimentos cabíveis. Com certeza é uma cena forte. Agora eu quero saber as razões e os motivos que levaram a que isso ocorresse.

Perguntado se acredita que exista justificativa para o que o vídeo mostra, Pedroso disse não saber:

- Eu não sei. É isso que eu quero ver.

As imagens da violência no Presídio de Tijucas e na Penitenciária de São Pedro de Alcântara foram mostradas ao Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil em Santa Catarina (OAB-SC), Dórian Ribas Marinho, que reagiu indignado:

- Isso é inclassificável. É injustificável sob todos os aspectos. Me parece que só pessoas doentes conseguem trabalhar nessa perspectiva de violência, de indignidade, sem respeito à dignidade da pessoa humana. É um absurdo total.

As operações pente-fino e de transferência fazem parte da rotina das unidades prisionais. Porém, elas são bastantes distintas. A primeira consiste em uma limpeza no presídio.

Muitas vezes os detentos conseguem confeccionar armas caseiras ou mesmo fazer com que elas entrem por intermédio de alguém. Além de armas, é comum surgirem nas celas celulares e drogas.

Para coibir essa ação, de tempos em tempos, sem prévio aviso, agentes prisionais tiram os presos das celas e retiram de lá tudo o que é ilegal.

A operação de transferência ocorre quando quando um ou mais presos precisam ser levados para outras unidades. Isso pode ocorrer quando há superlotação, possibilidade de rebelião ou mesmo de fuga, além de medidas judiciais.

Comentários (19)

 

  1. cheila disse:

    eu passei por la e digo sò os forte sobreviven ,,,,,,,,,,,,,eles saõ os verdadeiros asassinos de farda,,e ken concorda com isso è pior ke nós!!!

  2. amanda disse:

    a guinaldo a qui fala e a suairmam eu estou escrevendo que eu vou te tira da ai ok

  3. carla disse:

    seus idiotas eles são genteigual a nois não merensem apanhar pois jesusja morreu por nois

  4. lucas disse:

    até parece que pegaram presos que nunca incomodaram para fazer o q aparece nos vídeos. quem achar ruim leva para casa.

  5. paula disse:

    esses policiais saum uns filho da boa mae talves mas saum bandidos de farda cambada tenho nojooooooooooooooo de policia desgraçados agora v c pode abusam da farda nao saum homem sem a farda e a pistola na cintura nao saum de nada seus v*****

    • jessikinha disse:

      euu konkordo cambada d pilantra d farda eles são mais lãdrão e ordinário do q eles lá dentro conheso beem o sistema deles aki no rs senvergonha..corruptos nojentos.. tenho muuuito odio d policia pela chinelajem que eles fazem .. as vezes a sociedadi e q tem ki si virar para tentar toma uma solução..!

  6. pau neles,quem mandou cometer crimes,porquÊ eles nao arranjam um emprego e vão trabalhar como a maioria faz.eles escolheram esse caminho entao vão c FERRAR! disse:

    pau neles,quem mandou cometer crimes,porquÊ eles nao arranjam um emprego e vão trabalhar como a maioria faz.eles escolheram esse caminho entao vão c FERRAR!

  7. maria disse:

    A CORREGEDORIA DEVIA TER MAIS ESPAÇO,POLICIAIS BANDIDOS MAIS BANDIDO É QUEM ESTA POR TRAS DELES,AGORA ME DIZ AONDE ELES ESTÃO BATENDO EM ALGUM COITADO TRABALHADOR POR AI,?PORQUE NOS BANDIDOS A CORREGEDORIA ESTA DE OLHO VERGONHA SANTA CATARINA,PORQUE FORAM 3 PRESÍDIOS QUANTAS MÃES CHORARAM,O GOVERNADOR TEM MEDO DO FERNADO BEIRA MAR,MAS ELE TÁ LÁ NO PARANÁ AGORA GOVERNADOR MEDROSO,VÃO BATER EM TRAFICANTE CARIOCA PRA VER SÓ O QUE ACONTECE SÃO HOMEN COM ARMA NA MÃO SEM DUVIDO VOCEIS REBOLA ATÉ MUDA DE VOIS,SEPARA LOGO VIRA PAÍS TEMOS É VERGONHA DE TER VOCES COMO ESTADO BRASILEIRO.

  8. maria disse:

    que horror vamos ver se santa catarina mude com tanta desgraça nesse lugar ainda mais isso é dificil aprender mas xicoteia até aprender

  9. Cecilia disse:

    Indiferente de ser policia ou ladrão cada um deve ter o respeito entre si, não importa quem esta no patamar, gente que absurdo onde esta o respeito entre os seres humanos, não importa que seje preso eles sãos erem humasnoa ssim como nós. Todos nos erramos de uma maneira ou outra quem nunca errou que atire a primeira pedra, mentiras fofocas, flar mal de outros, enfim os presos também erraram de alguma forma e estão pagando por seus pecados, mas com uma humilhação dessa é demais né. Existe um ditado de: OS HUMILHADOS SERÃO EXALTADOS.

  10. Lili disse:

    Gente que horror pensar que as pessoas não tem direito de cumprir sua pena sem ser humilhado e espancado ja estão pagando pelo que fizeram isso só os torna pior por isso ocorrem tantos suicidios em presidios quem aguenta a uma tortura dessa fiquei completamente chocada com tudo isso se com direitos humanos acontecem esse tipo de barbare himagine sem os direitos humanos deverima contratar e reforçar muito os direitos humanos afim de que tenha uma base dos direitos humanos em cada presidio isso sim seria um envestimento bom.

    • luiz roberto pereira disse:

      Cara cidadã, é preciso conhecer os dois lados; acreditar fielmente em imagens me parece um pouco infantil, com a experiência de 21 anos de trabalho com presos sem nenhum tipo de processo criminal, sugiro que todos os cidadãos conheçam de perto o trabalho dos agentes. desta forma todos saberão visto pelos seus próprios olhos que os fatos são bem diferentes do que o mostrado e relatado pela autoridades e que no Brasil todo precisam ter atitudes como São Tomé, porque muito fácil enganar o povo; por favor cidadãos deixem de serem bobos verifiquem corretamente os fatos, ou serão eternamente vaquinhas de presépio.

      luiz roberto pereira
      agente de segurança penitenciária

      • Francisco disse:

        Caro Luiz Roberto,

        Se o trabalho de agente penitenciário exige o tratamento desumano porque os presos são “incorrigíveis” então porque você escolheu este trabalho? O seu discurso tira a responsabilidade individual dos agentes e coloca ela toda nos presos. Afinal, quem começou o processo violento primeiro? Se um agente penitenciário me afogasse na privada eu certamente seria acometido por um profundo desejo de vingança. A violência policial e sua banalização têm importante responsabilidade no desencadeamento de revoltas nas prisões.

  11. [...] uma denúncia, o crime teria acontecido antes das sessões de tortura gravadas e divulgadas no vídeo dos presos espancados no Presídio de Tijucas na… . AKPC_IDS += [...]

  12. Daniele disse:

    Assim como tem muita gente ruim ´lá dentro, tem muita gente boa também. E qualquer que seja o comentario de qq pessoa, não se recupera um preso enfiando a cabeça na privada. Com que vontade ele vai ter de sair de lá ver o mundo novamente e querer mudança em sua vida… vai sair de la tão revoltado a fim de aplicar novos crimes. concordo com o amigo danilo. BANDIDO POR BANDIDO QUE MORRAM OS DE FARDA, OS AGENTES E TODAS ESTAS AUTORIDADES QUE OCUPAM CARGOS PRA ISSO.

    Daniele

  13. luciano disse:

    Pau nestes vagabundos!!!!! Só pancada é pouco, tem é que meter bala na cabeça desses marginais. Bandido bom é bandido morto!!!!! “Nossa, que peninha!! Ai, que dó deles, como sofrem os presos!!!” . Sofrem o caralho! Eles tem o que merecem. São traficantes, assassinos, assaltantes, sequestradores, matam a sangue frio, deixam a nossa sociedade em pânico e ainda aparece um monte de falsos moralistas preocupados com “direitos humanos”, preocupados com esses marginais.

    • joao disse:

      E ai vc tem que olhar se é santo pra falar assim …
      Diz pra mim que nunca roubou nem mentiu ah quem é vc pra falar dos caras?
      Eu sei que vc nao é santo então tira a mascara porque mais bandido que vc?
      entao lava tua boca que santo só Deus.
      Eu nao tenho parente lá mais se tivesse ja teria tocado bomba nesses policias porque eles sao valentoes armados mais a maioria deles pegam as drogas pra consumir e vender. e vc deve ser igual mostra a cara …

  14. danilo disse:

    BANDIDO POR BANDIDO QUE MORRAM OS DE FARDA, OS AGENTES E TODAS ESTAS AUTORIDADES QUE OCUPAM CARGOS PRA ISSO.

  15. danilo disse:

    cade o crime organizado, matem os torturadores e o HUDSON QUEIROZ

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.