Vídeo flagra carro que atropelou 2 jovens em SP

junho 1, 2009 | Acidentes, Comportamento, Flagrantes, Justiça, Polícia, São Paulo, TV, Videos, YouTube

A polícia já tem as imagens do atropelamento supostamente intencional que matou o empresário Rafael Gomes de Freitas, 22 anos, e deixou seu amigo, Vinícius Elias Mauri, de mesma idade, gravemente ferido, na madrugada de anteontem, no Jardim Marajoara, bairro de alto padrão da zona sul de SP.

A família entregou aos investigadores do 99º DP (Campo Grande) as imagens do circuito de monitoramento de um condomínio que fica na rua Olavo Bilac –bem em frente ao acidente–, que mostram o que aconteceu.

Segundo parentes que assistiram ao vídeo, às 4h20, um Corsa preto é visto com o pisca-alerta ligado na esquina das ruas Doutor Ferreira Lopes e José de Alencar –conhecido ponto de travestis.

Minutos depois, o carro para na esquina da rua Olavo Bilac, onde estavam Rafael, Vinícius e um casal de amigos. Segundo a estudante J. –que estava no grupo– disse à polícia, o motorista parou e perguntou se eles tinham visto o travesti que havia quebrado o para-brisa do seu carro. O grupo disse que não sabia de nada.

O Corsa sobe a rua e, minutos depois, aparece em alta velocidade descendo a Doutor Ferreira Lopes e atropelando os dois jovens. “Eles estavam de costas. Nem conseguiram se defender ou fugir do carro”, contou a tia de Rafael, Elaine Gomes, 45 anos.

O casal de amigos, que estava na outra calçada, corre e começa a pedir ajuda. Na imagem seguinte, segundo parentes, o veículo é visto passando pelo local do acidente e subindo a rua Doutor Ferreira Lopes na contramão.

A polícia também recebeu informações de que o motorista mandou lavar o Corsa em um posto de combustíveis na avenida Washington Luis, após o acidente. A investigação também está apurando se uma discussão entre um homem e um travesti na rua José de Alencar, praticamente no mesmo horário do acidente, estaria relacionada ao caso.

Na manhã de ontem, parentes e amigos acompanharam o enterro de Rafael, no cemitério Congonhas (zona sul de SP). O caixão estava lacrado. “Foi uma injustiça, mas nós vamos até o fim. Quem fez isso vai ter de pagar”, disse a tia do jovem.

Rafael morreu na hora, com traumatismo na coluna e na medula. Seu amigo, Vinícius, está internado na UTI do Hospital Santa Marina em estado grave. Segundo boletim médico, ele sofreu traumatismo craniano e está em coma induzido. Além disso, está com um coágulo no cérebro.

Na hora do acidente, os jovens seguiam para o escritório de Rafael. “Eles estavam comigo no Pão de Açúcar e resolveram ir na frente. Minutos depois recebi uma ligação avisando do acidente”, disse a irmã de Vinícius, Isabela Elias Mauri, 19.

Deu no Agora

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.