Manifestantes invadem Câmara do DF – Protesto contra as denúncias de corrupção envolvendo políticos de Brasília.

dezembro 2, 2009 | Acidentes, Brasil, Brasília, Comportamento, Crime, Distrito Federal, Flagrantes, Foto, Incidentes, Polícia, Política, Videos, Violência

Grupo de 150 pessoas usou caixão e fez ‘carreata’ com meias e cuecas.
‘Arruda na Papuda, PO no xilindró’, gritavam, sobre governador e seu vice.

Cerca de 150 manifestantes invadiram o plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal nesta quarta-feira (2) em protesto contra as denúncias de corrupção envolvendo políticos de Brasília. Com um caixão, eles quebraram duas portas de vidro da Casa e subiram na Mesa Diretora. Para evitar mais depredação, seguranças retiraram computadores e outros objetos do plenário.

Os manifestantes estudantes e pessoas com bandeiras do PSTU– gritaram palavras de ordem e frases como “O Arruda vai cair” e “Arruda na Papuda, PO no xilindró”. Papuda é uma prisão em Brasília e PO é como é conhecido o vice-governador, Paulo Octávio (DEM).

Antes do protesto, os manifestantes fizeram uma espécie de carreata em volta da Câmara, com meias e cuecas. Após invadirem o plenário, eles picharam com giz as mesas dos deputados.

Veja vídeos sobre o suposto esquema de corrupção no DF

Manifestante-proteto-contra-governador-Arruda-Congresso-invasao-fotos

Um segurança foi pisoteado durante a invasão e foi encaminhado para o serviço médico da Casa. Não há informação sobre o seu estado de saúde. Os manifestantes, com apitos, faixas e panetones iniciaram uma espécie de “assembleia” dentro do plenário.

A deputada Érika Kokay (PT) tentou falar com os manifestantes dentro do plenário sobre as medidas que já foram tomadas contra o governador, que já tem seis pedidos de iompeachment protocolados na Câmara Legislativa, mas foi interrompida diversas vezes.

Os manifestantes disseram que vão “resistir” e que não há uma previsão de quando devem deixar o plenário. “Só saio quando o governo cair”, gritavam.

O escândalo do mensalão do DEM de Brasília começou no dia 27 de novembro, quando a Polícia Federal deflagrou a operação Caixa de Pandora. No inquérito, o governador José Roberto Arruda é apontado como o comandante de um esquema de distribuição de propina a deputados distritais e aliados.

Nesta terça-feira, o presidente da Câmara Legislativa, Leonardo Prudente (DEM), pediu licença de 60 dias do cargo. Vídeo gravado pelo ex-secretário de Relações Institucionais do Distrito Federal Durval Barbosa, que denunciou o suposto esquema, mostra Prudente guardando maços de dinheiro nos bolsos e nas meias.

Na segunda-feira (30), Prudente tentou se justificar. “Eu recebi o dinheiro e coloquei o mesmo nas minhas vestimentas em função da minha segurança. Eu não uso pasta”. Ele disse que o dinheiro era “ajuda financeira não contabilizada” para a campanha de 2006.

Em outro vídeo gravado por Durval, deputados rezam abraçados com o ex-secretário. “Pai, eu quero te agradecer por estarmos aqui. Sabemos que nós somos falhos, somos imperfeitos”, diz na gravação o deputado Rubens César Brunelli (PSC), corregedor da Câmara, que também pediu licença do cargo.

Fonte G1

Comentários (1)

 

  1. Elizio Brites disse:

    MAR DE LAMA

    No lançamento do Livro A Máfia do Paletó, do Jornalista Eleandro Passaia comprei um livro que li no mesmo dia. Nada do que li me causou estranheza porque sempre como cidadão bem informado soube que em raríssimas exceções as contratações de Serviços Públicos são feitas de forma diferente.

    As Licitações são viciadas e tem uma enormidade de exigências desnecessárias e ilegais, objetivando justamente barrar a concorrência entre fornecedores / prestadores de serviços e favorecer os “comparsas” isso em todos os níveis da Administração Pública e no Brasil inteiro.

    Os Tribunais de Contas que de Contas ou de “Faz de Contas” nunca passaram de uma farsa que não passa desaguadouro de políticos em final de carreira que são indicados de forma ilegal, arbitrária e imoral por chefes de executivos com o único objetivo de fazer vista grossa as falcatruas dos gestores da coisa pública, tanto do executivo, como do legislativo.
    Acessando o site: http://www.douradosagora.com.br/noticias/opiniao/mar-de-lama-artigo-de-elizio-brites
    E POR FAVOR PUBLIQUEM PARA QUE ESTE ESCÂNDALO SE TORNE NACIONALMENTE CONHECIDO.
    ATTE. ELIZIO BRITES

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.