Sexo oral na escola – Professora é presa após obrigar aluno a receber boquete em sala de aula

abril 26, 2014 | Aluno, América do Norte, Comportamento, Crime, Educação, EUA, Sensualidade, Texas, Texas

foto-professora-sexo-oral-na-escola-aluno-imagemUma professora de educação especial foi presa por fazer sexo oral em um aluno – contra a vontade do jovem. Saralyn Gayle Portwood, de 30 anos, preparou uma “armadilha” para o adolescente, após assediá-lo ao longo do ano letivo e ser rejeitada pelo jovem. Como última cartada, a professora chamou o aluno em sua sala na escola de ensino médio Princeton, no condado de Colin (Texas, EUA).

O garoto, de 17 anos, que não pertence à turma de educação especial, contou à polícia que, ao entrar na sala de Saralyn, ela o surpreendeu, jogando-o contra a mesa e começou a praticar sexo oral.

Durante as investigações, a professora foi suspensa do colégio.

Após o relato da vítima, Saralyn foi presa. A suspeita é casada com um professor que também trabalha na escola.
Se condenada, a professora pode pegar até 20 anos de prisão.

Deixe seu comentário

Sobre este site

Site que reúne as notícias mais relevantes da mídia nacional e internacional.